Início Cultura Língua Portuguesa: palavras portuguesas de origem árabe

Língua Portuguesa: palavras portuguesas de origem árabe

Estiveram em Portugal durante vários séculos e influenciaram os nossos hábitos, incluindo o idioma. Estas são algumas palavras da Língua Portuguesa com origem árabe.

0
Árabe
Árabe

Na Língua Portuguesa subsistem inúmeros vestígios da língua árabe mas, apesar desta nítida influência, é bastante complicado contabilizar esses indícios, porque não existe uma listagem completa e consensual dos arabismos na língua portuguesa, nem mesmo um registo daqueles que desapareceram.

Os Árabes chegaram à Península Ibérica no início do século VIII d. C., trazendo consigo a segunda (e final) componente do Português. O estudo dessa importante influência é bastante complexo, porque esta também se verificou em Espanha, no Norte de África e no Oriente. Poder-se-á dizer, em parte, que estas influências aparecem em manifestações da vida quotidiana portuguesa medieval, entre os séculos IX e XIV e podiam ser encontrados também tanto na administração e na economia, como no domínio espiritual.

Estes vocábulos entravam nas casas das pessoas, nas instituições, nas oficinas. Segundo os textos esta influência tornou-se mais progressiva quando a cristandade lutava com a mourama, devido ao contacto existente entre as duas forças em conflito, e dos moçárabes que iam ficando nas terras reconquistadas pelos cavaleiros cristãos.

Este estudo da relação entre a língua árabe e a língua portuguesa revela-nos que de entre o léxico de origem árabe predominam os substantivos, seguidos dos adjectivos. São muito escassos os advérbios e praticamente inexistentes os verbos, talvez pela diferença entre as duas línguas ser muito acentuada. Estas são algumas palavras da Língua Portuguesa de origem árabe.

 

  • Açafate (assafat, cesta)
  • Açafrão (azzafaran, amarelo)
  • Acéquia (assekyah, ribeiro de rega)
  • Achaque (ashshaka, enfermidade)
  • Acicate (ashshukat, espinho)
  • Açoite (assaut)
  • Açorda (athurda, sopa de pão)
  • Açoteia (assutaiha)
  • Açougue (assuk)
  • Açucena (assusana)
  • Açude (assudd)
  • Açúcar (assukar deriva do Sânscrito çarkara, grãos de areia)
  • Adarga (addarka, escudo)
  • Aduana (addwana)
  • Alá (al + ilâh, divindade)
  • Alabão (allabban, que dá muito leite)
  • Alambique
  • Alarife (alarif, sábio, mestre de obras)
  • Alarve (al+ A’árab, os árabes beduínos)
  • Alazão: al-Hiçân: Cavalo
  • Albarda (albarda’a)
  • Albardar (albarda’a)
  • Albornoz (Al’burnus, capa usada pelos Berberes)
  • Alcáçova (alkasaba, a zona administrativa de um castelo)
  • Alcachofra (Alkharshof, fruto do cardo manso)
  • Alcaide (alkaid, chefe)
  • Alcaidaria (alkaid, chefe)
  • Alcaiote (alkawwad)
  • Alcalóide (palavra composta: Árab. alcali + Grego eîdos, forma)
  • Alcaravia (alkarawiya)
  • Alcaraviz (alkarabís)
  • Alcateia (alkataia, rebanho)
  • Alcatifa (alkatifa)
  • Alcatruz (alkadus palavra composta: Árab. al + Grego kádos, jarro para água ou vinho)
  • Alcaparra
  • Alcavala (alkabala, tributo)
  • Alcofa (alkuffa, cesto)
  • Álcool (alkohul, coisa subtil)
  • Alcorão (Alkuran, a leitura)
  • Alcova (al-qabu, quarto lateral)
  • Alecrim (aliklil)
  • Aletria (Axxa’riyaalitríya)
  • Alface: al-khaç (veio a substituir o latim lactuca, leitosa, leituça, leituga, que por sua vez, derivou o fr. Laitue, o esp. Lechuga , o it. Lattuga e o ing. Lettuce)
  • Alfafa: al-Hâfa
  • Alfaia
  • Alfaiate: al-khayyât
  • Alfândega: alfunduq
  • Alfanje: al-Hanx: serpente
  • Alfaraz: al-faras cavalo ou égua
  • Alfarela
  • Alfarrábio
  • Alfarrabista: do nome do filósofo muçulmano al-Fârâbî que possuia e leia muitos livros.
  • Alfarroba (al-Kharrub) fruto e árvore
  • Alfarrobeira
  • Alfavaca: al-habâqa vaso onde se semeia a planta de al-habaq i.é. erva cedreira ? (não é erva cidreira, al-habaq é manjericão)
  • Alfazema:al-khuzâma
  • Alfeire
  • Alferes (alfaris, cavaleiro)
  • Alfobre (alhufra, rego?)
  • Alforge (alhurj, sacola)
  • Alforria (palavra composta:Árab.al + Francês feurre, livre) seria simplesmente a palavra árabe al-hurriya (a liberdade da qual temos forro hurr libre)
  • Algarismo (alkawarizmi, nome do matemático árabe Abu Ibn Muça)
  • Álgebra
  • Algema (aljami’a, pulseira)
  • Algeroz (azzurub, canal) al-kharruj, aquele que faz sair
  • Algibeira (al-jabîra, bolso)
  • Algodão (alkutun)
  • Algodoeiro
  • Algoritmo
  • Alguidar (alqidr, escudela de barro)
  • Algoz (al-gozz, membro de uma tribo que recrutava carrascos)
  • Alicate (allikkát, tenaz)
  • Aljama (aljamaa, reunião)
  • Aljava (aljaba)
  • Almadrava (almadraba)
  • Almanaque (almanakh)
  • Almedina (almedina, a cidade)
  • Almirante (amir-al-bahr)
  • Almóadaos (almohadas) dinastia maghrebina que governou ente 1145 e 1260 o Maghreb e o al-Andalus
  • Almocreve (almukari,alugar bestas)
  • Almofada (almukhadda de khadd, face)
  • Almofariz
  • Almofate (almikhyat, agulha, sovela)
  • Almofre
  • Almogávar (almugauar, guerreiro)
  • Almôndega (albundeca, avelã?) tipo de papa preparada a base de cereais que se comia misturada com gordura (azeite ou manteiga)
  • Almorávida (almurabit)
  • Almotacé (almuhtasib, mestre de aferição)
  • Almotolia (almutli)
  • Almoxarifado
  • Almoxarife
  • Almude: unidade de peso
  • Alqueire (al-keil, unidade de peso para cereais)
  • Alqueive
  • Alvanel
  • Alvará (al-barã’a, carta de autorização)
  • Alvazil (al-wazîr, ministro)
  • Alveitar: veterinário
  • Alvitana
  • Alvíssaras
  • Alvorge
  • Armazém (al-Makhzan)
  • Arrátel: ritl unidade de peso
  • Arroba unidade de peso
  • Arroz: arruzz
  • Arsenal tarsãna
  • Atafal
  • Atafona: moinho
  • Atalaia: attalî’a: torre de vigia localizada, fora das localidades, num sítio alto.
  • Auge: Auj'(o topo; óptimo)
  • Azar: azzahr (sorte)
  • Azeite (substitui óleo, óleo de oliva)
  • Azeitona (substitui o latim oliva)
  • Azemel: quem aluga os animais de carga
  • Azémola: animal de carga
  • Azimute (assimt, a marcação em graus da posição de um astro no horizonte, medido do pólo ao equador )
  • Azenha: moinho de roda movido por água
  • Azinhaga
  • Azul (al-lzaward, empréstimo árabe do persa ljward, lat. lapis lazuli, a pedra lazurita)
  • Azulejo (al-zuleij, pedra pintada)
  • Bafafá : bafaf (bolo)
  • Baraço
  • Bolota
  • Café
  • Cáfila
  • Califa
  • Califado
  • Cartaz
  • Ceifa
  • Ceroulas (sarawil)
  • Chafariz
  • Cherne
  • Chifra
  • Cifra
  • Cotovia (al-kutubia, a livraria)
  • Damasco
  • Demotologica
  • Elixir (‘Al-Axir’)
  • Emir (‘Amir’)
  • Emirato (Emirado)
  • Escabeche (‘Sikbaj’)
  • Esmeralda (zumúrrud)
  • Falua (faluka)
  • Fatímida
  • Fulano (Flan)
  • Garrafa (karafâ, frasco bojudo)
  • Harém (‘Harim’)
  • Haxixe (‘Hashish’; maconha)
  • Imã (imam, guia)
  • Islão (Islã, Islame)
  • Javali (jabali)
  • Jarra
  • Jasmin
  • Laranja (naranj deriva do Persa naräng)
  • Laranjeira (naranj deriva do Persa naräng)
  • Lezíria (al-jaza’ir, ilhas)
  • Limão (laimun deriva do Persa limun)
  • Limoeiro (laimun deriva do Persa limun)
  • Madraçal (madraça, escola)
  • Magazine
  • Marabuto: Murâbit santo que se dedica ao ribât i.é à guerra santa ou à vida religiosa dentro de um ribât (local de meditação religiosa ou de fronteira para proteger as terras do Islão)
  • Masmorra (matmura, celeiro subterrâneo)
  • Matraca (mitraka)
  • Mesquita (masdjid)
  • Moçárabe (must’rib, arabizado)
  • Mudéjar (mudajjan, o que fica morando)
  • Muezim Muazzin responsável pelos chamamentos às orações canónicas.
  • Maomé (original: Muhammad. Também Maomet. Outrora: Maomede, Mafoma, Mafamede)
  • Muladi: muallad: cristão da Península ibérica convertido ao Islão (malado)
  • Nadir (natir, oposto, projecção na esfera celeste inferior)
  • Nora (na’ûra)
  • Omíada
  • Oxalá (in sha allah ou inshallah, se Deus quiser)
  • Papagaio (babaga)
  • Ramadão
  • Rês
  • Resma
  • Sáfaro (sahra’, deserto)
  • Safra (safaria, estação da colheita)
  • Salamaleque (as-salam-alaik, a paz seja contigo)
  • Saloio (çahroi, do campo)
  • Sultanato (sultan, domínio, dominador)
  • Sultão (sultan, domínio, dominador)
  • Sura
  • Tambor (tanbur deriva do Persa dänbära, cítara)
  • Taça
  • Taifa
  • Tâmara
  • Tarefa
  • Tanque
  • Xadrez (xatranj deriva do Sânscrito xaturanga, que consta de quatro membros)
  • Xarope (sharab, bebida, poção)
  • Xaveco (xabbak, pequeno navio de três mastros e velas latinas)
  • Xerife
  • Xeque
  • Xeque-mate
  • Zarabatana (zarba tãnâ)
  • Zénite (samt, direcção da cabeça, caminho, projecção na esfera celeste)

Língua Portuguesa: 12 palavras portuguesas de origem russa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here