Início Cultura Língua Portuguesa: escreve-se “onde” ou “aonde”?

Língua Portuguesa: escreve-se “onde” ou “aonde”?

Onde ou aonde? Algumas destas palavras está errada? Descubra como falar um bom português e mais alguns truques da Língua Portuguesa.

33012
2
língua portuguesa
Onde ou aonde?

Quem disse que falar português correctamente era fácil? A Língua Portuguesa pode ser muito traiçoeira e repleta de pequenos pormenores que nos fazem cometer erros, mesmo que involuntários. Um dos erros mais frequentes da Língua Portuguesa é a confusão entre os advérbios “onde” e “aonde”. Para começar, importa referir que ambas as palavras estão correctas. Mas afinal, quando se deve utilizar cada uma delas? O advérbio é uma classe de palavras cuja função gramatical é acompanhar e modificar um verbo, exprimindo a circunstância da acção verbal, por isso o nome advérbio, ou seja, a palavra que está próxima ao verbo.

Onde: O advérbio onde indica o lugar em que algo ou alguém está e deve ser utilizado para expressar ideia de lugar. Num texto, e até mesmo na linguagem oral, para evitar a repetição desse vocábulo, podemos utilizar outras expressões que conferem a mesma significação, como no qual, na qual, em que.

Aonde: Assim como o advérbio onde, também é usado para indicar lugar em que algo ou alguém está, contudo, deve-se observar se o verbo com o qual ele se relaciona exige a preposição “a”. Caso haja a necessidade da preposição, ela deve ser agregada à palavra onde para formar o vocábulo aonde. O advérbio aonde transmite a ideia de lugar para o qual se vai, ou seja, destino ou movimento.

 

Onde = em que lugar

Onde indica permanência, não sugerindo movimento. Indica o lugar em que alguém ou alguma coisa está, o lugar em que está a acontecer alguma coisa. Deverá acompanhar verbos que também indiquem permanência, como estar, ficar, encontrar, morar, ser, etc..

Exemplos:

  • Onde mora ele?
  • Onde está o vestido que te dei?
  • Você sabe onde fica o supermercado?
  • A chave está onde você a deixou.

Onde pode ser substituído por:

  • em que lugar;
  • em qual lugar;
  • em que parte;
  • no lugar em que;

 

Aonde = para que lugar

Aonde indica movimento, sugerindo a ideia de um destino. Refere-se ao lugar para onde alguém ou alguma coisa vai. Deverá acompanhar verbos que também indiquem movimentação, como ir, voltar, chegar, dirigir, etc…

Exemplos:

  • Aonde ele foi?
  • Aonde você vai usando essa roupa?
  • Você sabe aonde eles foram ontem depois do jantar?
  • Ainda não sei aonde iremos.
  • Aonde quer que eu vá, sentirei a sua falta!

Aonde pode ser substituído por:

  • para onde;
  • para que lugar;
  • a que lugar;

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Em Portugal, o advérbio ‘aonde’ já é pouco usado, quer na fala, quer, pelo menos, na escrita literária, com propensão a extinguir-se. José Cardoso Pires no seu romance ‘O Delfim’, em 51.425 palavras, não o usa e é substituído por ‘onde’, que é usado 73 vezes na obra. A locução adverbial ‘para onde’ é usada 6 vezes nesse romance, mas com um sentido de durabilidade que ‘aonde’ não tem e , por isso, não podem substituir-se entre si. No romance ‘A Sibila’ de Agustina Bessa-Luís, conhecida também por ser uma cultora da Língua, nas 87.620 palavras do romance, usa uma vez o advérbio ‘aonde’, 189 vezes ‘onde’ e nenhuma vez ‘para onde’. Poderia citar mais obras e escritores portugueses, mas seria mais do mesmo. Embora gramaticalmente correcto no seu uso próprio, o advérbio ‘aonde’ não tardará muito em ser uma palavra arcaica, uma curiosidade gramatical, estando este meu ‘ não tardará muito’ relacionado com o tempo muito mais lento da entrada em desuso das palavras numa língua, se o compararmos com o da nossa vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here