Início Cultura Língua Portuguesa: 5 benefícios de dizer palavrões

Língua Portuguesa: 5 benefícios de dizer palavrões

Além de saber bem dizê-los (com moderação e em português), os palavrões têm benefícios e são autênticas pílulas de felicidade da Língua Portuguesa.

637
0
palavrões
Caralho

 

Apesar de ser considerado por muitos como sinal de má educação, dizer palavrões é parte da nossa cultura. A forma e a intensidade com que se dizem palavrões dependem de cada pessoa e da região onde vivem. Em Portugal, por exemplo, as pessoas do Norte têm por hábitos usar palavrões mais “pesados e brejeiros” do que as pessoas de Lisboa. E sejamos honestos… dizer um palavrão na hora certa pode ser libertador e até proporcionar algum prazer. Se é uma daquelas pessoas que vive angustiada consigo mesma porque não consegue parar de dizer asneiras, saiba que um bom palavrão dito no momento certo pode trazer vários benefícios.

Foda-se
Foda-se

E se é do género de pessoas que se recusa terminantemente a falar palavrões, talvez mude de ideias quando ler a nossa lista de benefícios que esta atitude pode trazer para o seu dia-a-dia. Afinal de contas, um bom palavrão, além de libertador, pode também melhorar a sua saúde física e, sobretudo, mental.

 

1. Ajuda a aliviar a dor

Ajuda a aliviar a dor
Ajuda a aliviar a dor

De acordo com um estudo de uma universidade britânica, sempre que diz um palavrão é enviada uma mensagem a uma zona específica do seu cérebro que o faz reagir melhor à dor. Um palavrão desencadeia reacções químicas que fazem com que a dor alivie momentaneamente e torna-se assim mais fácil suportar o sofrimento.

 

2. Melhora o rendimento físico

Melhora o rendimento físico
Melhora o rendimento físico

Um estudo de uma universidade norte-americana indica que dizer palavrões enquanto pratica exercício físico aumenta a sua força em 8% e o seu rendimento total entre 2 e 4%. As razões parecem ser simples: se você está a praticar exercício físico sozinho, é mais fácil distrair-se com os seus próprios pensamentos e baixar o rendimento. Mas se disser um palavrão, irá novamente focar-se no seu esforço e o seu rendimento irá aumentar.

 

3. Torna-o mais racional

Torna-o mais racional
Torna-o mais racional

Cientistas da Universidade da Califórnia analisaram o comportamento de um grupo de alunos e descobriram que, quando estes diziam palavrões, tornavam-se mais racionais. e capazes de tomar decisões mais com a cabeça do que com o coração. O motivo parece estar na associação entre o acto de dizer o palavrão e o sentimento de ódio. Quando a sua mente está numa situação de raiva ou ódio, tende a ser mais analítica do que quando está numa situação de empatia pelos outros. Assim sendo, as suas decisões tornam-se mais racionais porque passam a ser baseadas num sentimento mais egoísta.

 

4. Ajuda-o a expressar-se melhor

Ajuda-o a expressar-se melhor
Ajuda-o a expressar-se melhor

Um estudo de 2014 indica que o número de palavrões que você conhece é directamente proporcional ao número de palavras que você utilizar para falar e comunicar com os outros. Isto significa que, se você tem por hábito utilizar palavrões diferentes e não sempre o mesmo, então é muito provável que o número de palavras que fazem parte do seu vocabulário seja também maior, aumentando assim a facilidade com que você é capaz de se expressar.

 

5. Fá-lo parecer mais honesto e autêntico

Fá-lo parecer mais honesto e autêntico
Fá-lo parecer mais honesto e autêntico

Algumas pessoas podem sentir-se incomodadas com os palavrões que você utiliza ou podem ver isso como um sinal de má educação. Mas a realidade é que um grande número de estudo científicos indica que as pessoas que usam palavrões com frequência são vistas, geralmente, como mais honestas e autênticas. Esta relação entre palavrões e honestidade está relacionada com a forma como encaramos o próprio palavrão, que muitas vezes é visto como um sinal de “desabafo” ou de “falar sem intenções ocultas ou secundárias”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here