Início Cultura Língua Portuguesa: 42 palavras que só a sua avó sabe o que...

Língua Portuguesa: 42 palavras que só a sua avó sabe o que significam

São palavras da Língua Portuguesa que caíram em desuso com o tempo e já poucos sabem o seu significado. Divirta-se com a lista e tente descobrir quantas conhece.

4597
0
Palavras
Palavras

 

A língua portuguesa está em constante evolução e não é apenas por causa do novo acordo ortográfico que isso acontece. A evolução tecnológica ajuda a criar novas palavras e a fazer desaparecer outras. E além disso, a evolução social faz cair em desuso expressões ou palavras que se utilizavam antigamente e que agora deixaram de fazer sentido. Apesar disso, não é motivo para preocupações porque a evolução da língua portuguesa é salutar e sempre aconteceu. Ao longo dos séculos, foram várias as palavras novas adicionadas (especialmente provenientes de outras línguas europeias ou de línguas dos povos das antigas colónias) e outras desapareceram. Palavras bonitas, palavras que você poderá não conhecer.

Algumas palavras caem em desuso e outras novas surgem. Experimente perguntar à sua avó se ela sabe o que quer dizer “coworking”, “clonagem”, “drone” ou “transgénico” e talvez constante que ela desconhece algumas delas. Mas se ela lhe falar em palavras como “assunar”, “graveza” ou “jondra”, então será você que irá sentir-se surpreendido. Estas é uma lista de palavras antigas que caíram em desuso. Quantas conhece?

 

Absolto: sinónimo de absolvido.

Acartado: indicava um profissional diplomado.

Aguça: sinónimo de pressa.

Anóveas: indicava um valor nove vezes superior.

Asinha: sinónimo de depressa.

Assento: sinónimo de habitação.

Assunar: sinónimo de amotinar.

Botica: sinónimo de farmácia.

Brunir: Passar ou dar ao ferro.

Cagalhota: Mulher de baixa estatura e pescoço curto.

Carisma: sinónimo de epilepsia.

Coitar: sinónimo de machucar.

Comprir: sinónimo de cumprir.

Dada: sinónimo de doação.

Depós: sinónimo de após.

Embora: sinónimo de em boa hora.

Escala: sinónimo de escada.

Franquia: sinónimo de sinceridade.

Garçom: sinónimo de jovem.

Graveza: sinónimo de gravidade.

Jondra: Sostra. Rapariga pouco limpa e asseada.

Jorna: Dia de trabalho, “trabalhar à jorna”.

Ladroa: sinónimo de ladra.

Lambisgoia: Pessoa intrometida quem se intromete em assuntos que não lhe dizem respeito ou vive a faer mexericos.

Lanfranhudo: Carrancudo, homem feio e mal humorado.

Malota: Corcunda

Patego: parolo, lorpa.

Pera: sinónimo de para.

Pertinência: sinónimo de pertença.

Polo: sinónimo de pelo.

Remelado: Com sintomas de conjuntivite bacteriana ou disfunção lacrimal.

Safanão: é o ato de puxar o braço de uma pessoa para dar um raspanete.

Seba: Porca gorda.

Sendo: indicava uma herdade cultivada.

Sirigaita: Sirigaita é uma das piores ofensas que uma moça do século passado poderia ouvir. Ao chamar uma mulher de sirigaita, uma pessoa queria dizer que ela era mal-educada e tinha atitudes constrangedoras.

Sisa: indicava um tributo pago ao estado.

Soer: sinónimo de costumar.

Soldo: indicava uma obrigação no arrendamento de terra.

Suso: sinónimo de acima.

Tença: sinónimo de posse.

Trepa: Coça, tareia, treino.

Vosmecê: sinónimo de você.

 

Artigo anteriorOs 15 melhores locais para visitar na Holanda
Próximo artigoOs 20 melhores locais para visitar na Rússia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here