Início Cultura Língua Portuguesa: 30 palavras super difíceis e os seus significados

Língua Portuguesa: 30 palavras super difíceis e os seus significados

Como determinar as palavras difíceis da Língua Portuguesa? Pelo seu significado, pelo número de pessoas que as conhecem e que as usam.

941
2
Língua Portuguesa
Língua Portuguesa

A Língua Portuguesa é um dos mais belos idiomas do mundo. Mas falar um bom português nem sempre é fácil. O nosso idioma está repleto de segredos, truques e pequenos mistérios que confundem até os mais experientes. O que são palavras difíceis? E como podemos considerar que determinadas palavras são difíceis? Depende, sobretudo, do seu significado, da sua muita ou pouco utilização no dia-a-dia dos falantes de português e no número de pessoas que conseguem identificar o seu significado.

As palavras mais difíceis da Língua Portuguesa serão aquelas que não são muito utilizadas, são conhecidas por pouca gente e possuem significados estranhos ou fora do comum. Descubra algumas das palavras mais difíceis da Língua Portuguesa.

 

1. Alvíssaras

Expressão de alegria por notícia recebida.

Exemplo: Alvíssaras ao novo presidente!

 

2. Agnóstico

Aquele que não acredita em Deus e nem nega a sua existência.

Exemplo: Ele dizia ser agnóstico, até que, desesperado, se viu a pedir ajuda a Deus.

 

3. Beneplácito

Consentimento ou aprovação.

Exemplo: Foram recebidos com o beneplácito da Assembleia.

 

4. Cuntatório

Em que há demora.

Exemplo: Tenha paciência! Esse tipo de processo é cuntatório.

 

5. Desasnado

Que recebeu instrução, que desasnou.

Exemplo: Depois de muita instrução, finalmente parece desasnado.

 

6. Empedernido

Aquele que não se deixa persuadir ou não se comove.

Exemplo: É a tal ponto empedernido que nem uma notícia dessas o comove.

 

7. Filaucioso

Presunçoso.

Exemplo: Com seu ar filaucioso, disse que já sabia tudo aquilo.

 

8. Graçolar

Dizer graçolas ou brincadeiras.

Exemplo: Apesar da sua condição, passa os dias a graçolar.

 

9. Horrípilo

Horripilante.

Exemplo: O tom da sua voz é horrípilo!

 

10. Iconoclasta

Aquele que contesta a veneração de símbolos religiosos.

Exemplo: Não faz sentido contar com um iconoclasta para a restauração deste monumento religioso.

 

11. Inócuo

Inofensivo.

Exemplo: Com a garantia de que qualquer reacção seria inócua, aceitou experimentar.

 

12. Juvenelizante

Que rejuvenesce.

Exemplo: Sinto-me muito melhor! O passeio foi realmente juvenelizante.

 

13. Kafkaesco

Que se assemelha às propostas de Kafka.

Exemplo: A realidade transcendente presente nas obras traduzem o seu estilo kafkaesco.

 

14. Loquaz

Eloquente, aquele que fala muito.

Exemplo: É admirável a maneira loquaz com que discursa à plateia.

 

15. Mendacioso

Aquele que mente.

Exemplo: Ninguém seria capaz em acreditar num discurso tão mendacioso.

 

16. Nitidificar

Tornar nítido.

Exemplo: Com mais esclarecimentos sobre o tema, conseguiremos nitidificar tudo o que foi exposto.

 

17. Odiento

Que guarda ódio.

Exemplo: Não chegará a lado nenhum com suas palavras odientas.

 

18. Prognóstico

Que indica previsão.

Exemplo: O prognóstico do médico indicou sérias complicações no seu estado de saúde.

 

19. Putrefacto

Em estado de apodrecimento.

Exemplo: Tempos depois da tragédia, foram encontrados vários animais putrefactos.

 

20. Quimera

Sonho que não é possível realizar.

Exemplo: Nesse momento, resolver esse problema seria uma verdadeira quimera.

 

21. Recôndito

Oculto.

Exemplo: Procurou um local recôndito e começou a chorar.

 

22. Ruar

Sair pela rua sem destino.

Exemplo: Ruava madrugada dentro.

 

23. Sumidade

Aquele que se destaca pela erudição.

Exemplo: O professor era uma sumidade em arte barroca.

 

24. Tergiversar

Fazer rodeios.

Exemplo: Não tentem tergiversar porque já entendi muito bem o que tais candidatos querem.

 

25. Ufanismo

Aquele que se orgulha de algo de forma exagerada.

Exemplo: O ufanismo o faz encarar os problemas com muita seriedade.

 

26. Vicissitude

Sucessão de mudanças.

Exemplo: Dependerá não só de nós, mas das vicissitudes da vida.

 

27. Vitupério

Comportamento ofensivo.

Exemplo: Jamais imaginaria que ele respondesse com vitupério.

 

28. Warrantagem

Garantia pelo título de crédito conhecido como warrant.

Exemplo: Sugeriu a warrantagem como garantia.

 

29. Xaropear

Aborrecer.

Exemplo: O que meu colega de turma mais sabe fazer é xaropear com conversas sem sentido.

 

30. Zoomórfico

Que apresenta forma de animal.

Exemplo: O seu aspecto zoomórfico assusta qualquer um.

2 COMENTÁRIOS

  1. Nossa! Até vocês escrevendo prefixo separado da palavra? Que ridículo! Pessos iletradas que escrevem errado há muitas. Mas pessoas que escrevem textos para os leitores melhorarem o seu nível linguístico cometerem esses erros é absurdo! SUPERDIFÍCIL, SUPERINTELIGENTE, SUPERABUNDANTE, SUPERINTENDÊNCIA, SUPERLOTAÇÃO, SUPERMERCADO… O prefixo não fica sozinho, isolado da palavra que ele antecede. No máximo, tem um hífen, mas JAMAIS VEM SOZINHO. Lição básica. Não entendo como é que alguém se propõe a ensinar língua portuguesa comete esses erros tão básicos. E também no primeiro parágrafo está “muita ou pouco utilização”. Há meses venho sugerindo aqui que façam revisão de texto antes de o publicar. Mas infelizmente vocês não leem os comentários. Decerto acham que são perfeitos. Lamentável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here