Início História História insólita de Portugal: um rei condenado à morte depois de morto

História insólita de Portugal: um rei condenado à morte depois de morto

Um morto condenado à morte mesmo que seja um falecido rei? Segundo a Inquisição, pode. História insólita de Portugal: condenado a morrer depois de morto.

13440
0
Cortejo de D. João IV pelo Terreiro do Paço

História insólita de Portugal: um rei condenado à morte depois de morto

D. João IV faleceu a 6 de Novembro de 1656, com “dores de ilharga”. Para ser mais exacto, morreu devido a uma crise renal grave. Sucedeu-lhe no trono D. Afonso, ainda menor, ficando D. Luísa regente do Reino.

Restauração da Independência e aclamação de D. João IV
Restauração da Independência e aclamação de D. João IV

Conta-se que, tendo D. João IV sido enterrado no Mosteiro de São Vicente de Fora, a meio da cerimónia, delegados da Inquisição irromperam na Igreja, convocaram a rainha e os dois infantes Afonso e Pedro, retiraram o real cadáver do caixão e depuseram-no no chão.

São Vicente de Fora – Joe Price

Depois, despiram-no do hábito de São Francisco e do manto da Ordem de Cristo que envergava, e de seguida o inquisidor-mor leu um acórdão que excomungava o rei, o declarava inimigo da Igreja, o condenava à morte e ao fogo eterno no inferno.

D. Afonso VI, que sucedeu a D. João IV
D. Afonso VI, que sucedeu a D. João IV

Decerto imbuído daquela compaixão que tornou a Inquisição tão famosa, o mesmo inquisidor-mor absolveu então o cadáver do rei, repuseram-no no caixão e cantou-se um Te Deum. D. João, o amante da música, pelo menos teria gostado desta parte.

D. João IV

O resto, a ser verdade, fora uma vingança reles de uma instituição reles – o Santo Ofício – que o rei ousara enfrentar em defesa dos interesses do reino.

Mais artigos

Mais recentes

[td_block_social_counter custom_title=”REDES SOCIAIS” header_color=”#000000″ facebook=”vortexmag” twitter=”@VortexMag” googleplus=”+VortexmagNet1″ open_in_new_window=”y”]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here