Início Cultura Este é o texto mais antigo escrito em português

Este é o texto mais antigo escrito em português

Trata-se, segundo os historiadores, do primeiro documento escrito em português. Descubra como se escrevia a língua portuguesa no tempo de D. Afonso II.

27516
2
Testamento de D. Afonso II

Ela é a “última flor do Lácio, inculta e bela”, como definiu o poeta Olavo Bilac, mas ao mesmo tempo é a língua mais falada no hemisfério sul, a sexta no mundo, a terceira mais usada nas redes sociais (Facebook e Twitter) e a quinta na internet, e está completando 800 anos. O documento que marca esse “nascimento” da língua portuguesa é o testamento de dom Afonso II, datado de 27 de junho de 1214: “En o nome de Deus. Eu rei don Afonso pela gracia de Deus rei de Portugal. seendo sano e saluo tem ete o dia de mia morte a saude de mia alma. e a proe de mia molier raina dona Orraca e de meus filios e de meus uassalos…”.

Afonso II
Afonso II

Traduzindo para o português de hoje, o texto seria mais ou menos assim: “Em nome de Deus. Eu, rei D. Afonso, pela graça de Deus rei de Portugal, estando são e salvo, temendo o dia da minha morte, para a salvação da minha alma e para proveito de minha mulher, a rainha D. Orraca e de meus filhos e de meus vassalos…”.

língua portuguesa
Países de Língua Oficial Portuguesa

Este é o primeiro documento da língua escrita, porque a falada já existia há muito tempo. Antes, a documentação escrita era toda em latim e só a partir do reinado de dom Diniz, que instituiu a língua portuguesa como língua oficial da corte, é que os documentos passaram a ser redigidos em português.

Afonso II
Afonso II

O testamento de Afonso II, redigido em 27 de Junho de 1214 é o documento mais frequentemente apontado e celebrado como o primeiro texto escrito em português (embora a rigor, na época, a língua ainda não tivesse esse nome, sendo antes o galego antigo, ou “galaico-português”).

língua portuguesa
Camões

Existem porém diversos manuscritos possivelmente mais antigos (a maioria, porém, de datação imprecisa) que já evidenciam muitas das características do que viria a ser considerada a língua românica diferente do latim, como o “Pacto dos irmãos Pais” (ca. 1175), a “Notícia de Fiadores” (ca. 1175) e a “Notícia do torto” (ca. 1214).

Notícia de Fiadores
Notícia de Fiadores

Não obstante, o carácter régio do documento e o fato, diferentemente de outros documentos da época, ter uma datação indiscutível e ser indiscutivelmente escrito em uma língua diferente do latim, torna-o, na opinião de alguns autores, um ponto de referência de maior importância para a datação da língua.

língua portuguesa
Árvore genealógica das línguas

Assim, no ano de 2014, juntamente com o oitavo século do documento, foi também comemorado o aniversário da língua portuguesa, uma celebração envolta em grande controvérsia, o que é compreensível quando se considera que ainda era uma variante do galego-português e que só em 1532 com a publicação de “Grammatica da lingoagem portuguesa” de Fernão de Oliveira o idioma entrou na sua fase madura ou moderna.

 

2 COMENTÁRIOS

  1. No oeste da França falavam uma lingua muito proximo do português, o “galo” e a fabla aragonesa também era muito parecida. existem também muitas semelhanças entre o corso e o português, como pude verificar. Era impossivel os romanos terem imposta a propria lingua em 300 anos, o que nenhum colonisador conseguiu. Inversamente as populações portuguesa de Malaca e os franceses do Quebec conseguiram manter a lingua mãe mesmo apòs a separação da mãe patria. Era impossivel que esta regra sociologica que explica a coabitação de varias linguas, como do português e do mirandês no nordeste de Portugal, para não ir mais longe, não se aplique ao latim. Conclusão, o português é talvez anterior ao proprio latim.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here