Início Opinião Confuso com as sondagens das eleições? A culpa é do seu perfil...

Confuso com as sondagens das eleições? A culpa é do seu perfil no Facebook.

Nos últimos dias muita gente tem ficado perplexa com as sondagens para as próximas eleições. A culpa dessa perplexidade pode ser... do seu facebook.

1238
0
COMPARTILHE

NOTA IMPORTANTE:

Este artigo não tem qualquer intenção de influenciar a sua votação nas próximas eleições. Usamos apenas o exemplo das recentes sondagens para lhe falar sobre a forma como o facebook altera a percepção da realidade que nos rodeia.

Nos últimos dias tem-se assistido com perplexidade a inúmeras sondagens para as próximas eleições em Portugal que parecem contradizer a vontade popular, levando muitos a falar em eventuais manipulações. Mas a explicação para a perplexidade que as sondagens têm causado pode muito bem estar relacionada com uma nova vertente que não existia antigamente: as redes sociais.

Mas como assim?

A explicação é relativamente simples: imagine que você é um dos que apoiam um partido na oposição e tem 400 amigos no facebook. Como é óbvio, os seus 400 amigos terão opiniões políticas muito diversas, bastantes deles, provavelmente, com inclinações para outros partidos políticos.

No entanto, o facebook mostra-lhe apenas as publicações dos seus amigos cuja opinião política é semelhante à sua.

E porque razão isto acontece?

O facebook acha que a sua experiência na rede social será mais agradável se lhe mostrar com mais frequência os conteúdos que você mais gosta. Como resultado disso, analisa o tipo de publicações que você comenta ou onde faz gosto e, com o tempo, passa a apresentar-lhe somente esse tipo de conteúdo. Isso faz com que, dos tais 400 amigos que você possui no facebook, você veja apenas as publicações daqueles que concordam consigo, dando a falsa sensação que toda a gente tem a mesma opinião que a sua.

Como se traduz isto em perplexidade?

Simples: você está habituado a ver apenas as publicações relacionadas com as suas preferências e acaba por não perceber que há muita gente, inclusive na sua lista de amigos, que pensa de forma diferente. Ora, o efeito que isso lhe provoca nas redes sociais choca contra aquilo que depois vê nas sondagens (onde são medidas outras opiniões e não apenas a sua e a dos seus amigos que pensam como você).

Mas é apenas o facebook a fazer isso?

Não! O google também faz. Chama-se pesquisa personalizada. Imagine o seguinte caso: você é uma pessoa interessada por causas humanitárias e tem um amigo que adora viajar. Se você usar o google para pesquisar sobre a Síria, ele irá apresentar-lhe sobretudo artigos, notícias e fotos sobre a actual crise dos refugiados sírios. Mas se o seu amigo, o tal que adora viajar, fizer exactamente a mesma pesquisa, o google irá apresentar-lhe sobretudo resultados relacionados com viagens, monumentos, hotéis e actividades turísticas na Síria.

Como isto tudo se reflecte nas sondagens?

Neste caso, é necessário juntar 2 factores. O primeiro é a tal perplexidade de constatar que afinal, ao contrário do que lhe indicava o facebook, há mais gente com uma opinião diferente da sua do que aquilo que inicialmente seria de supor. O segundo factor tem a ver com aquilo que pode ser chamado “medo de não pertencer ao rebanho”. Ou seja, quando alguém é favorável ao partido mais criticado, tende a esconder essa opção mesmo quando lhe perguntam anonimamente por telefone numa sondagem.

E a conclusão?

A conclusão pode ser complexa, mas olhemos para os recentes casos da Grécia e do Reino Unido: estamos a falar de 2 casos em que ambos governos eram fortemente criticados nas redes sociais, 2 casos em que as sondagens davam empate técnico entre o poder e a oposição e 2 casos em que, no final, ganhou o partido que era mais alvo de críticas por uma margem bem superior ao que indicavam as sondagens. A filtragem das publicações do facebook ajudam muito a perceber estas sondagens e estes resultados nestes 2 países. E, provavelmente, explicarão o que se passa actualmente nas eleições portuguesas.

Autor: Fernando Alves

Mais artigos

As 10 melhores cidades para viver em Portugal

As 10 melhores cidades para viver em Portugal Quais os factores a ter em conta quando se elege as melhores cidades para viver em Portugal?...

Mais recentes

REDES SOCIAIS

163,444FãsCurtir
266SeguidoresSeguir
712SeguidoresSeguir

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here