Início Lifestyle Benefícios da hortelã e receita para fazer chá

Benefícios da hortelã e receita para fazer chá

A hortelã, uma planta da família da menta, possui inúmeras propriedades e benefícios. Descubra para que serve e como fazer chá de hortelã.

0
hortelã
Hortelã

Muitas pessoas confundem hortelã com menta. Na realidade, a hortelã é uma variedade que pertence à família das plantas tradicionalmente chamadas de menta.

A hortelã é uma planta usada regularmente na preparação de alguns pratos, principalmente para lhes dar sabor. Também está presente em bebidas, doces e até em alguns medicamentos.

É uma das plantas mais amplamente utilizadas na fitoterapia, ou seja, a ciência que estuda as propriedades medicinais das plantas e os seus usos.

Esta planta aromática é utilizada em muitos tratamentos devido aos seus múltiplos benefícios e propriedades. Entre elas, destacam-se as suas propriedades analgésica, digestiva, estimulante e anti-séptica.

Hortelã
Hortelã

Um de seus ingredientes activos mais importantes é o mentol. É um tipo de álcool que possui propriedades vasodilatadoras. O contacto com a pele gera uma sensação de frio intenso que induz efeitos analgésicos. De facto, é usada para o alívio sintomático de doenças que afectam a pele, como eczema, coceira ou urticária.

Além disso, também é usada em alguns medicamentos descongestionantes, para o tratamento de doenças do trato respiratório superior, como resfriados ou gripes.

Também é muito eficaz no tratamento da dor menstrual e no tratamento de problemas nervosos, pois possui poder relaxante. Se for consumida com moderação, não tem efeitos colaterais.

Benefícios de hortelã

Uma das propriedades mais importantes da hortelã é que ela tem efeitos antiespasmódicos e carminativos (reduz os gases intestinais). Portanto, ajuda a combater problemas digestivos, especialmente em casos de indigestão, flatulência e dor de estômago ou cólicas.

Também é importante nos tratamentos do aparelho respiratório, como mencionado acima, pois contém alguns componentes que são poderosos expectorantes. Esta erva medicinal é ainda bastante eficaz no tratamento da dor menstrual.

Possui componentes muito eficazes para tratar problemas nervosos. Estes componentes agem sobretudo como calmante, ajudando asim a evitar as consequências dos sintomas de problemas nervosos. É muito eficaz como anti-séptico e analgésico e por isso é recomendada no tratamento de feridas.

Como se usa? Principalmente em infusões. Com uma infusão bem carregada de hortelã podemos lavar uma ferida, sentindo alívio imediato da dor. Também é usada em alguns tipos de queimaduras. Para o tratamento de queimaduras, recomenda-se misturar a infusão com um pouco de azeite. Em seguida, é aplicada na queimadura, diminuindo a sensação de ardor e possíveis infecções.

Esta planta maravilhosa é muito eficaz para acabar com o mau hálito. Isto acontece devido ao seu agradável cheiro de menta. De facto, o mentol, um de seus principais componentes, é excelente para este fim. Também é muito refrescante.

Com hortelã, pode preparar um chá delicioso e relaxante para beber antes de dormir. Irá ter um descanso muito relaxante e repousante.

Como fazer chá de hortelã?

A preparação do chá de hortelã é bastante simples. Note-se que as folhas a serem usadas devem estar macias porque as folhas mais macias têm uma quantidade maior de mentol.

Adicione várias folhas de hortelã a meio litro de água e ferva. Quando a água ferver, cubra durante cerca de vinte minutos e deixe repousar. Depois disso, passe por uma peneira e pode tomar o primeiro copo (a dose diária recomendada é de 3 copos).

Resumindo…

Como é possível observar, há muitos benefícios que podemos obter de uma planta que a maioria das pessoas acredita ser útil apenas para dores de estômago e para dar sabor a alguns alimentos.

No entanto, nenhum tratamento com remédios naturais deve substituir um tratamento recomendado pelo seu médico. Os tratamentos com chás ou infusões devem ser tomados apenas como complemento e não como tratamento principal.

Lembre-se que as doses recomendadas para crianças não são iguais às doses para adultos. Uma criança deve tomar estes remédios naturais sempre em menor quantidade e, em alguns casos, nem sequer pode tomar. Caso tenha dúvidas, informe-se com o seu médico.

O segredo para uma vida saudável é simples: alimentação equilibrada e exercício físico. Além disso, deve consultar o seu médico com regularidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here