Início Viagens As 6 cidades mais bonitas do Norte de Portugal

As 6 cidades mais bonitas do Norte de Portugal

A escolha será sempre difícil e subjectiva, mas aqui fica a nossa lista. Descubra as 6 cidades mais bonitas do Norte de Portugal.

145932
6
Porto

Escolher as cidades mais bonitas é sempre uma questão subjectiva. Mas para elaborar esta lista recorremos a dados o mais fiáveis possível, como por exemplo o grau de satisfação dos turistas em sites internacionais ou a quantidade de recomendações feitas por quem já as visitou. São várias as hipóteses e há cidades para todos os gostos. Pode haver quem aprecie mais a harmonia entre a serra e o mar em Viana do Castelo, pode haver quem se deleite com a beleza do centro histórico de Guimarães, pode haver quem se reveja na beleza dos jardins de Braga e haverá sempre quem ache que a magia do Porto ao longo do Douro é algo que não tem comparação possível. Descubra as 6 cidades mais bonitas do Norte de Portugal.

 

6. Viana do Castelo

Situada na foz do rio Lima, entre o mar e as montanhas, a atractiva cidade de Viana do Castelo está imersa em tradição. Historicamente, a cidade foi um ponto de partida crucial durante a Era dos Descobrimentos, quando muitos exploradores portugueses embarcaram para descobrir o mundo ainda desconhecido.

Santa Luzia
Santa Luzia

Actualmente, Viana do Castelo possui um próspero porto de pesca, reconhecido pela sua arquitectura avançada com influências manuelinas e renascentistas e um inovador design contemporâneo. No sopé da colina de Santa Luzia, as estreitas ruelas calcetadas são ladeadas por belos palacetes e solares construídos ao longo de séculos. A bela praia do Cabedelo estende-se ao longo do estuário do Lima.

Santuário de Santa Luzia
Santuário de Santa Luzia

Por toda a região do Minho decorrem ao longo do ano diversas festividades religiosas e feiras populares. As festas em Viana do Castelo culminam em meados de Agosto, com a celebração da Romaria de Nossa Senhora da Agonia, que remonta ao século XVIII. Durante três dias, as ruas enchem-se de multidões de pessoas para assistir ao cortejo de carros alegóricos, cabeçudos e coloridos trajes locais, acompanhados por música e comida tradicionais.

 

5. Bragança

Bragança, cidade sede de distrito e município, situada no extremo Norte de Portugal, próxima da fronteira com Espanha, na região anteriormente conhecida como Trás-os-Montes, é uma histórica e bem antiga cidade em que, a dificuldade de acessos e a localização num dos extremos do País, permitiu a manutenção de tradições e costumes por longos séculos.

Castelo de Bragança
Castelo de Bragança

Bragança era já uma povoação importante no período de ocupação romana, tendo mesmo sido apelidada de “Juliobriga” e “Brigantia”, mas vestígios de ocupação anterior, no Paleolítico, foram também encontrados. D. Sancho I repovoou a cidade, e nomeou-a finalmente de Bragança, após muitas ocupações e pertenças e, dada a sua situação estratégica, sobretudo a nível militar e de controlo de vias de trânsito, sendo igualmente um local de passagem para as peregrinações a S. Tiago de Compostela desde o século XII.

Castelo de Bragança
Castelo de Bragança

O núcleo urbano medieval, murado e acastelado, no século XII, mantém-se na Cidadela, dignamente representada pela imponente Torre de Menagem do Castelo, pelo Pelourinho, pela Igreja de Santa Maria e pela Domus Municipalis, edifício único na Península Ibérica de arquitectura Românica, com a forma de um pentágono irregular, construído no século XII, e a Torre da Princesa, um magnífico miradouro com vista para a cidade.

 

4. Braga

Braga situa-se no coração da verdejante região do Minho, no Noroeste de Portugal, rodeada por uma paisagem de montes ondulantes e florestas. A cidade de Braga, um dos maiores centros religiosos de Portugal, é reconhecida pelas suas igrejas barrocas, pelos esplêndidos solares do século XVIII e pelos belos parques e jardins.

melhor país da europa
Braga – Pedro Costa

A parte antiga da cidade é solene, embora a indústria e o comércio tenham dado origem a um estilo de vida moderno, complementado pelas universidades locais, os restaurantes contemporâneos e os bares animados. Às quintas-feiras de manhã, Braga acolhe o maior mercado da região, com bancas que vendem de tudo um pouco, desde produtos frescos a cerâmicas tradicionais.

Santuário do Bom Jesus do Monte
Santuário do Bom Jesus do Monte

A história da cidade reflecte-se nas inúmeras igrejas e monumentos, entre os quais se destacam a imponente Sé Catedral e a Igreja de Santa Cruz, datada do século XVII. Numa colina a cerca de 5 km a sudeste ergue-se o Santuário do Bom Jesus do Monte, um importante local de peregrinação. Por detrás, encontra-se o Monte do Sameiro, onde uma estátua colossal de Nossa Senhora vigia atenta a cidade. Nos arredores de Braga encontra-se a Citânia de Briteiros – um impressionante local arqueológico da Idade do Ferro.

 

3. Guimarães

Guimarães, cidade histórica de origem medieval, sede de município, tem as suas raízes no século X, e é conhecida por “Berço da Nação” ou “Cidade Berço”, pelo seu papel crucial na formação de Portugal, por aqui ter sido estabelecido o centro administrativo do Condado Portucalense por D. Henrique e pelo facto do seu filho, D. Afonso Henriques, o primeiro Rei Português, aqui poder ter nascido.

Guimarães
Guimarães

O seu Centro Histórico está classificado como Património da Humanidade pela UNESCO, e é um dos centros medievais mais bem preservados do País, onde o tempo parece realmente ter dado tréguas e magicamente parado.

Guimarães
Castelo de Guimarães

Mas muito mais há para conhecer em Guimarães, como a Colina Sagrada, coroada com o Castelo de Guimarães, o maravilhoso Paço dos Duques de Bragança (século XV), o mosteiro e igreja de Nossa Senhora da Oliveira (com o museu Alberto Sampaio), o Gótico Padrão do Salado, do século XIV, ou a elegante igreja de São Francisco, com os seus deslumbrantes azulejos do século XVIII.

 

2. Porto

Os séculos XIV e XV, assistem a um crescimento enorme da cidade. As feiras são como cogumelos, o Porto era o monopolizador da economia regional. A rede viária melhora consideravelmente. Surgem praças novas, mais largas. Nos finais do século XVIII, o crescimento da cidade dirige-se para fora das muralhas.

Porto e Gaia
Porto e Gaia

Em 1580, o rei Filipe II de Espanha, torna-se também Filipe I de Portugal. A população do Porto sofreu com estes 60 anos de ocupação, nomeadamente a nível de impostos. Com a Restauração, em 1640, é restabelecida no Porto a Casa da Moeda.

Porto
Porto

Em 1725, chega ao Porto, o arquitecto italiano Nicolau Nasoni. A cidade deve-lhe alguns legados, sendo o maior exemplo a Torre dos Clérigos. Foi ainda responsável, pelo Palácio do Freixo e pela fachada da Igreja da Misericórdia.

 

1. Chaves

A bonita Cidade histórica de Chaves, sede de concelho, situa-se num vale fértil, junto ao Rio Tâmega e bem próxima da fronteira com Espanha.

Chaves
Chaves

Desde tempos remotos que Chaves foi local de eleição de diferentes povos, encontrando-se vestígios de ocupação humana em tempos Paleolíticos, e posteriormente tendo sido povoada por Suevos, Visigodos, Mouros e, claro, Romanos cujo imperador Flávio Vespasiano a apelidou de “Aquae Flaviae”, reconhecendo a qualidade das nascentes termais, com propriedades curativas, sendo mesmo as mais quentes da Europa (cerca de 73ºC), ainda muito aclamadas nos dias de hoje.

Coreto de Chaves
Coreto de Chaves

Com uma beleza natural grandiosa, Chaves apresenta inúmeros pontos interessantes, com um Centro Histórico digno de relevo, com a bonita Praça Camões, apresenta igualmente um forte cariz religioso com diversos templos por todo o município, como as Igrejas de Santa Maria Maior, de São João de Deus, a da Misericórdia, a de Nossa Senhora do Rosário (situada no Forte de São Francisco) e as Capelas de Santa Catarina, a de Nossa Senhora do Loreto, a barroca Nossa Senhora da Lapa, a de Nossa Senhora das Brotas (no Forte de S.Neutel), a da Senhora do Pópulo ou a de São Roque, na Madalena, entre tantos outros santuários que pululam esta região.

6 COMENTÁRIOS

  1. Nasci no Brasil mas meu sangue é puramente português dos meus país com muito orgulho. Sou a caçula de 7 irmãos mas sou a primeira conseguir a cidadania portuguesa. Foi grande minha emoção, pois sempre me considerei portuguesa. Família vivida c muito amor e carinho.
    Já fui 2 vezes a Portugal e pretendo ir mais vezes. Amo minha terrinha. Vi os vídeos e me emocionei muito, por favor sempre q tiver novos vídeos da minha terra querida me envie.
    Gostaria que me enviassem a letra é o nome da música q tem no vídeo q fala ” nos braços de minha mãe ”
    Falar sobre os vídeos de Portugal são Divinamente fantásticos pois minha terra é Linda com também meu povo. AMO !

    • Essa canção tem o nome “PARA OS BRAÇOS DA MINHA MÃE”, o Album tem o nome CONTRAMÃO e cantado pelo PEDRO ABRUNHOSA.

  2. Gostaria de receber orientação para montar um roteiro de 8 dias em Portugal,incluindo Fátima ,Codade do Porto e Braga.

  3. Sou seguidor VortexMag e sempre apreciei as vossas publicações. Sempre acreditei na credibilidade apresentada, mas essa mesma credibilidade foi posta em causa nesta publicação quando afirmam que a Citânia de Briteiros se situa na cidade de Braga!!!
    As ruínas da citânia ficam localizadas na freguesia de S. Salvador de Briteiros, concelho de Guimarães.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here