Início Viagens As 15 cascatas mais bonitas do Gerês (algumas quase secretas)

As 15 cascatas mais bonitas do Gerês (algumas quase secretas)

É um dos último redutos naturais de Portugal e surpreende pela quantidade de rios, ribeiras e cascatas. Estas são as 15 cascatas mais bonitas do Gerês.

606213
2

4. Cascata de Pitões das Júnias

A Cascata de Pitões das Júnias é uma queda de água (cascata) localizada quase no fim da aldeia e freguesia de Pitões das Júnias, concelho de Montalegre, Distrito de Vila Real, em Portugal. As águas desta cascata são provenientes das águas do ribeiro de Pitões que devido aos desníveis do terreno se desenvolve por vários patamares, sendo que o primeiro tem cerca de 30 metros de altura e desagua num lago delimitado por afloramentos graníticos.

Cascata de Pitões das Júnias
Cascata de Pitões das Júnias

Esta cascata é uma das muitas cascatas da região do Barroso e vai animar vários rios que nascem na Serra do Gerês. Nas proximidades desta cascata existe uma ponte de madeira e também um carvalho centenário, que ao longo dos séculos tem sido alvo de várias lendas locais, como a de um duende aí viver.

 

5. Cascata da Peneda

A Cascata da Peneda é uma queda de água (cascata) que se localiza na Serra da Peneda, Parque Nacional da Peneda-Gerês, freguesia de Gavieira, concelho de Arcos de Valdevez e distrito de Viana do Castelo, em Portugal. Esta cascata é visível de grande distância devido à espuma branca que as suas águas fazem na queda. De longe parece apenas um pequeno fio de água que desliza serenamente sobre as rochas do Parque Nacional da Peneda-Gerês, mas nas proximidades da cascata é possível ver-se todo o seu esplendor: a ribeira corre com fúria e envolta em grande ruído, apresentado a queda-de-água um desnível de 30 metros de altura.

Cascata e Santuário da Peneda
Cascata e Santuário da Peneda – António Cunha

As águas da cascata caem precisamente nas traseiras dos antigos dormitórios dos peregrinos do Santuário de Nossa Senhora da Peneda (reconvertidos desde 2005 num hotel), passam por baixo do edifício e do largo fronteiro, indo juntar-se ao rio da Peneda que corre ali perto. Rezam as lendas que envolvem o Santuário de Nossa Senhora da Peneda que é Nossa Senhora da Peneda quem olha por estas cascatas e por todo este mágico espaço inserido no cerne do Alto Minho.

 

6. Cascata de Pincães

Na parte sul do Parque Natural, fica esta Cascata magnífica, na localidade de Pincães, não longe de Cabril. A sua piscina natural é das mais incríveis do País e vale bem a caminhada a pé. Na região, há diversas caminhadas e roteiros. A Cascata de Pincães destaca-se certamente pela beleza das suas paisagens diversificadas, com os seus prados verdejantes, e, claro está pelo sossego, desta zona.

Cascata de Pincães
Cascata de Pincães (António Cunha)

Pincães é digno de ser contemplado, bem como o silêncio e a poesia deste lugar. Ao chegar a este local, vai certamente ficar maravilhado, com a possibilidade de ir a banhos… É muito fácil chegar à localidade de Pincães. Aventure-se nesta zona, seguindo por Fafião e siga a E.N. 308 para Cabril, em Vila Real. A meio chega à localidade de Pincães.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here