Início Viagens As 16 melhores praias da Margem Sul

As 16 melhores praias da Margem Sul

Basta atravessar o rio Tejo e entra-se numa das mais carismáticas regiões de Portugal. Descubra as melhores praias da Margem Sul.

13136
0

5. Praia do Creiro

Entre a praia dos Coelhos e o Portinho da Arrábida, encontra-se a praia do Creiro, que se destaca, pela sua Pedra da Anicha, uma pequena ilhota, frente ao conhecido “monte branco”. Esta praia tem desde há alguns anos o acesso mais facilitado, com a construção de uma estrada e vários estacionamentos.

Praia do Creiro
Praia do Creiro

Ao longo do caminho até à praia, existe uma escadaria, que disponibiliza lateralmente alguns bancos acolhidos em pequenas reentrâncias. Praia com vigilância e serviços de restauração e de apoio ao lazer do veraneante, tais como aluguer de toldos e embarcações de recreio sem motor. Não dispõe de WC públicos, apenas privativos das entidades que oferecem os serviços atrás referidos.

 

6. Praia da Mijona

A Praia da Mijona, também conhecida por Praia do Ilhau, tem uma língua de areal de extensão considerável. Aqui, existem seixos rolados. A praia localiza-se numa enseada larga, protegida a poente por uma protuberante ponta da falésia.

Praia da Mijona

Junto a esta, encontra-se uma habitação totalmente isolada do mundo. Esta casa antigamente servia de abrigo aos pescadores que andavam ao mar durante a noite. A nascente, perto da costa, emerge um conjunto de rochedos. O acesso é feito por um trilho na ravina da falésia na vertente ocidental.

 

7. Praia do CDS

A praia do CDS é a praia vigiada, concessionada e com Bandeira Azul mais perto do centro de Lisboa (16,2 km), que corresponde a um dos segmentos de praia do pontão da Costa de Caparica, sendo uma das praias mais frequentadas dessa zona. Foi apelidada de “praia do CDS” na segunda metade da década de 1970, depois de ser pintada numa pedra do lado norte do pontão a sigla “CDS” (abreviatura de Centro Desportivo de Surf) depressa se generalizou como nome para distinguir esta das outras praias do pontão.

Praia do CDS
Praia do CDS

A praia do CDS começou a ser utilizada como zona balnear a partir da década de 1970, alcançando o seu auge no ano de 1987. No entanto devido a mudança das correntes no inicio do milénio a praia ficou sem areia, ficando vazia até o ano de 2007, ano esse em que houve uma reposição de areia. Desde a reposição das areias, a praia ganhou o seu número de banhistas actual. A praia tem cerca de 300 metros de comprimento e um areal actualmente bastante estreito. Uma das mais procuradas da zona para a prática do surf e de bodyboard, possui maior quantidade de areia no extremo sul (perto do cotovelo do paredão) e no recanto formado pelo esporão que a delimita a norte. É partilhada por famílias e adeptos das referidas modalidades. É envolvida por um pontão de pedra, tendo um passeio de alcatrão por cima e alguns bares. É também possível visualizar Lisboa e a Serra da Arrábida da praia.

 

8. Praia da Cabana do Pescador

A Praia da Cabana do Pescador tem um areal extenso. Encontra-se integrada na unidade geográfica das Acácias Sul. O sistema dunar, protegido por passadiços de madeira, acompanha todo o comprimento da praia e possui uma grande amplitude. A praia é conhecida por atrair um público jovem e praticantes de desportos na areia. Este é o local da paragem número doze do Transpraia que percorre as praias na época balnear. O largo de terra para estacionar é vasto.

Praia da Cabana do Pescador
Praia da Cabana do Pescador

Não é o sítio ideal se quer estar longe da multidão. Aliás conte com muita gente, o que pode tornar a tarefa de estacionar difícil – o parque é gratuito e em dias mais concorridos torna-se caótico. Longe vão os tempos em que o restaurante Cabana do Pescador era uma pequena cabana. Agora é um dos muitos sítios na Costa onde se realizam casamentos e onde se come peixe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here