Início Viagens As 16 cidades mais antigas da Europa (1 é portuguesa)

As 16 cidades mais antigas da Europa (1 é portuguesa)

Com quase 7 mil anos de idade, algumas destas localidades do velho continente ainda continuam habitadas. Descubra as 16 cidades mais antigas da Europa.

29843
0

4. Chania, Creta

Chania
Chania

Quando os primeiros habitantes chegaram? 4.000 a.C. As escavações da antiga cidade de Kydonia estão a ocorrer na colina de Kastelli, que fica acima do porto de Chania, em Creta . As ruínas datam do período 2.100 a 1.100 a.C. e Kydonia provavelmente foi criada provavelmente por aí – mas o que intriga é que há vestígios de habitação que remontam ao período neolítico. Homero afirmou que a cidade foi uma das mais importantes da época. Muitas cerâmicas e objectos foram desenterrados de vários locais da cidade e hoje estão disponíveis para turistas. Acredita-se que Chania foi destruída pelos sarracenos por volta de 828 depois de Cristo e, mais tarde, os venezianos a teriam reconstruído (mais moderna). A cidade é considerada uma das mais atraentes de Creta, com suas paredes, praias, museus, barcos e tavernas.

 

3. Plovdiv, Bulgária

Plovdiv
Plovdiv

Quando os primeiros habitantes chegaram? 4.000 a.C. Os restos de um povoado neolítico em Plovdiv sugerem uma história de 6.000 anos de uma cidade dominada pelos trácios, gregos macedónios e romanos, que construíram estruturas significativas. Ruínas deste período estão em evidência hoje: o antigo teatro de Philippopolis (nome de Plovdiv na antiguidade) fica no centro da cidade, assim como  o estádio do século 2º, construído para acomodar 30 mil espectadores. A cidade foi apreendida pelo Império Otomano, no século 14, e só libertada depois da Batalha de Philippopolis em 1878.

 

2. Atenas, Grécia

Atenas
Atenas

Quando os primeiros habitantes chegaram? 4.000 a.C. A Acrópole foi habitada desde pelo menos 5000 a.C. e diz a lenda grega que a cidade de Atenas ganhou o seu nome após Athena plantar uma semente de oliveira numa competição com Poseidon. Como a árvore que cresceu foi vista como um bem mais valioso do que a água que Poseidon libertou com o seu tridente, a deusa da sabedoria, da guerra e dos ofícios foi nomeada padroeira da cidade. Ganhou o estigma de “o berço da democracia” a tal ponto que invasores recusaram-se a saquear a cidade ou escravizar os seus cidadãos. Os atenienses derrotaram os persas na batalha de Maratona, em 490 a.C., depois da cidade ter entrado na sua idade de ouro, sob o governo de Péricles. Sócrates, Hipócrates e Sófocles que trabalharam na cidade, assim como Aristóteles e Platão. Hoje, os visitantes podem admirar a Acrópole, bem como Plaka, o mais antigo bairro residencial da cidade, e Monte Lycabettus, o ponto mais alto.

 

1. Argos, Grécia

Argos
Argos

Quando os primeiros habitantes chegaram? 5000 a.C. Argos, localizada a nordeste de Peloponeso, foi habitada como uma pequena aldeia há pelo menos 7 mil anos e foi um centro cultural significativo da civilização micénica (1600-1100 a.C). Nos mitos gregos, a cidade recebeu o nome do filho de Zeus com Níobe , e a Ilíada de Homero a descreve como um renomeado centro de criação de cavalos. Hera, a deusa da mulher e do casamento, era particularmente venerada ali e os argivos a homenageavam com um festival anual. Túmulos micénicos, o santuário de Afrodite e um teatro com capacidade para 20.000 pessoas podem ser visitados hoje.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here