Início Viagens As 15 melhores praias dos Açores

As 15 melhores praias dos Açores

São praias de areia escura mas nem por isso menos belas do que as do continente. Descubra as praias mais bonitas dos Açores.

3
praias açores
Praias dos Açores

O arquipélago dos Açores é um exemplo único no mundo do grande poder da Mãe Natureza. É um arquipélago de nove ilhas vulcânicas no meio do Oceano Atlântico, caracterizado por uma natureza impressionante e inesperada para aqueles que, como a maioria de nós, estão acostumados a paisagens mediterrâneas e paisagens marítimas suaves.

As Ilhas dos Açores são acidentadas, luxuriantes, cheias de surpresas: basta pensar que cada uma das nove ilhas que compõem o arquipélago tem uma peculiaridade própria e que existem algumas espécies de plantas e flores únicas no mundo, enquanto que, pelo contrário, algumas espécies animais nunca foram capazes de criar raízes nas ilhas (como os mosquitos, por exemplo).

Sendo ilhas vulcânicas, é muito comum encontrar lagos naturais que se formaram nas crateras dos vulcões, que podem ser admirados com belas excursões de trekking, adequadas para todos os níveis de experiência.

As principais ilhas são São Miguel e Terceira, e são as mais próximas da costa portuguesa. Nestas duas ilhas, não só existem praias incríveis e lugares naturais para visitar, como a Caldeira das Sete Cidades, em São Miguel, e as Furnas, na Terceira, mas também locais de grande interesse histórico e cultural.

Angra do Heroísmo, na Terceira, Património Mundial da UNESCO, por outro lado, é caracterizada por uma arquitetura muito particular: edifícios baixos de cor pastel rodeados de branco que percorrem ruas estreitas e becos que, da encosta, descem até à beira mar.

Santa Maria é uma ilha muito mais pequena, localizada perto das duas maiores ilhas, cheia de praias claras e bonitas, enquanto que mais longe da costa portuguesa estão as ilhas de São Jorge e Pico.

Junto ao Pico estão a Graciosa e o Faial: a Graciosa é famosa pelas fontes termais de Carapacho e pela comida exótica; no Faial existem belas praias e um museu interessante com uma coleção de objetos de ossos de baleia.

Flores e Corvo são as ilhas mais remotas do arquipélago e Flores, em particular, está marcada nos mapas como o ponto mais ocidental da Europa. Corvo, por outro lado, é o local ideal para os amantes da observação de aves, já que espécies incríveis e únicas de pássaros vivem na natureza virgem desta ilha.

Outras jóias das ilhas magníficas são as belas praias que as moldam, com as suas maravilhosas costas vulcânicas que caracterizam estas ilhas. Venha descobrir as fantásticas praias que podemos encontrar nas Ilhas dos Açores.

Praias na Ilha de São Miguel

1. Praia de Santa Bárbara (São Miguel)

Praia de Santa Bárbara (São Miguel)

Iniciamos esta viagem com a Praia de Santa Bárbara em São Miguel, o paraíso para os amantes dos desportos aquáticos. É uma das maiores praias de todas as ilhas e é caracterizada pela sua areia dourada e uma posição que a predispõe ao vento de maneira favorável. É precisamente por isso que é a praia perfeita para todos os surfistas que passam pelos Açores.

Embora seja uma praia muito famosa e movimentada, nunca fica cheia o suficiente para afetar o relaxamento e o prazer de se bronzear em paz. Santa Bárbara não está equipada, mas tem chuveiros, WC, bares e restaurantes. Nos restaurantes pode comer com vista para o mar (almoço e jantar) e à noite é comum encontrar grupos de DJs, festas e música ao vivo.

2. Praia de Água de Alto (São Miguel)

Praia de Água de Alto (São Miguel)

A pequena vila de Água de Alto, onde os moradores dividiam os seus dias entre trabalhar na terra, colecionar lã e pescar, encontramos uma pequena praia de areia branca, uma enseada paradisíaca, mas pouco conhecida, que também é protagonista de uma interessante lenda local que data do século XVI: diz-se que numa noite, nesta praia, chegaram piratas, saquearam a vila, controlaram a população e um baterista das suas fileiras avançou pelas ruas da cidade espalhando o terror.

Quando terminaram, os piratas foram para dentro dos seus navios, mas o baterista, ensurdecido pelo som que fez, não percebeu a retirada e continuou a andar, tocando o tambor. Ele caiu numa caverna e, desde então, o espírito do baterista continua a tocar bateria na que foi chamada a Grota do Tamborileiro.

3. Praia da Caloura (São Miguel)

Praia da Caloura (São Miguel)

Caloura é uma pitoresca vila piscatória na ilha de São Miguel e a sua praia é o exemplo perfeito das magníficas piscinas naturais que são muito típicas tanto em São Miguel quanto no resto das ilhas do arquipélago.

A praia da Caloura é isolada, cercada por uma vegetação verdejante e emoldurada por pequenas casas brancas. A água é de uma cor turquesa profunda e logo depois da costa fica a piscina natural, uma espécie de olho azul transparente que se destaca no oceano azul.

4. Praia ilhéu de Vila Franca (São Miguel)

Ilhéu de Vila Franca do Campo
Ilhéu de Vila Franca do Campo – Açores (Gonzalo Pasquier)

O Ilhéu de Vila Franca é uma pequena ilha localizada a um quilómetro da costa de São Miguel, em frente à cidade de Vila Franca do Campo e suas peculiaridades são muitas: é uma cratera semi-submersa de um vulcão extinto e uma reserva natural. Por esse motivo, é possível observar espécies marinhas de todos os tipos, incluindo muitos peixes tropicais.

A melhor experiência é pegar num barco e mergulhar de snorkel pelo ilhéu de Vila Franca. A água é espetacular, mas o que é realmente impressionante é ver as encostas deste antigo vulcão perderem-se na imensidão do abismo.

As espécies marinhas que habitam a ilhota de Vila Franca variam desde as colónias de caranguejos coloridos a estrelas-do-mar vermelhas gigantes, de peixes-palhaço coloridos a peixes vermelhos de morfologia complicada e cores inesperadas; pode até ver raias e assustadoras barracudas.

Tudo isso acontece ao redor da ilhota, mas também é possível nadar dentro da cratera que forma uma piscina natural com uma praia no meio do oceano. Mergulhe nessas belas águas cheias de peixes e sentir-se-á parte do ecossistema marinho.

5. Praia da Ribeira Quente (São Miguel)

Praia da Ribeira Quente (São Miguel)

Se há algo que caracteriza a água do oceano e, portanto, os mares dos Açores, é a sua temperatura. Não vamos mentir: a água dos Açores é geralmente muito, muito fria. No entanto, a exceção é a praia da Ribeira Quente, localizada na ilha de São Miguel.

É uma praia banhada por águas que são influenciadas pelas fontes termais da baía. Graças às fontes termais, a água da baía é quente em quase todos os lugares e, de fato, em contraste com o oceano gelado que banha todas as outras praias, em alguns lugares aqui a água até queima. Precisamente por esse motivo, esta praia também é chamada de Praia do Fogo.

O mar da Ribeira Quente, além de ser agradavelmente quente, também é bonito: predominam os tons de verde da água, refletindo a cor das montanhas circundantes cheias de vegetação. Na Praia da Ribeira Quente também existem serviços gratuitos como chuveiros e WC, que servem para dar conforto a quem passa o dia na praia, mas não são invasivos para quem só quer relaxar à beira-mar no meio da natureza.

6. Praia dos Mosteiros (São Miguel)

Praia dos Mosteiros (São Miguel)

Imagine a beleza de caminhar ao longo da costa na areia preta e profunda. À sua esquerda, não apenas o oceano, azul, profundo e intenso, mas também duas rochas que emergem das profundezas como misteriosos monólitos vulcânicos.

Este é o cenário que o espera na Praia dos Mosteiros, na ilha de São Miguel, uma das mais belas praias de areia preta da Europa. Os desportistas podem nadar até as duas pedras na praia, o local ideal para uma sessão incomum de mergulho.

Praias na Ilha Terceira

7. Praia da Silveira (Terceira)

Praia da Silveira (Terceira)

Passamos agora para a Terceira para mergulhar na zona da Praia da Silveira, um tipo de praia muito apreciada pelos habitantes locais. Está localizada nos arredores da cidade de Angra do Heroísmo e, apesar de ser uma praia artificial, está em harmonia com o resto da paisagem.

É um bloco cimento branco que facilita e suaviza a descida ao mar, em contraste com toda a aspereza rochosa do ambiente. O mar assume as cores do verde escuro da água e do turquesa, enquanto que mais longe da costa, onde as profundezas do oceano se intensificam, é azul escuro.

8. Praia dos Biscoitos (Terceira)

Praia dos Biscoitos (Terceira)

A praia dos Biscoitos, na Terceira, é um dos mais belos complexos de piscinas naturais da ilha. Na verdade, não é uma área de banhos com algumas piscinas naturais, mas uma aglomeração rochosa que possui vários pontos onde pode nadar no oceano enquanto se protege de sua impetuosidade. As rochas negras são amolecidas com plataformas de madeira para banhos de sol, docas e escadas de metal para facilitar a entrada no mar.

Esta praia é o lugar perfeito para mergulhar e nadar com calma entre o que parecem ser verdadeiras maravilhas arquitetónicas: existem arcos de pedra em forma de ponte, rochas mais ou menos emergidas, pequenas cavernas e enseadas de todas as formas e tamanhos.

É interessante observar que estas piscinas naturais são o local ideal para mergulhar e nadar, mesmo quando o oceano está agitado: a água nas piscinas é de fato protegida pela barreira de rochas vulcânicas e protegida das fortes correntes oceânicas. Nas imediações, há um bar e lojas que vendem produtos típicos.

Praias na Ilha do Faial

9. Praia do Porto Pim (Faial)

Praia do Porto Pim (Faial)

Agora vamos fazer uma viagem à Ilha do Faial para relaxar numa das poucas praias de areia branca, não apenas na ilha, mas em todo o arquipélago dos Açores. Estamos a falar da Praia do Porto Pim, uma bela praia com a sua antiga vila de pescadores.

Em Porto Pim, a areia branca também é acompanhada por um belo mar azul claro, habitado por muitos peixes que acompanham de bom grado os banhistas durante os seus banhos.

Se esse nome lhe é familiar, provavelmente tem um bom gosto literário: Antonio Tabucchi escreveu depois de uma viagem aos Açores “Donna di Porto Pim”, um livro de histórias inspirado nos lugares e pessoas que ele conheceu durante sua estadia no ilhas.

10. Praia do Almoxarife (Faial)

Praia do Almoxarife (Faial)

Em contraste com a areia branca de Porto Pim, mesmo ao lado está a praia negra de Almoxarife. Na praia negra de Almoxarife, para além de poder relaxar, apanhar sol e nadar num ambiente vulcânico verdadeiramente único, também pode desfrutar de uma vista magnífica sobre a montanha do Pico, localizada na ilha de mesmo nome e a apenas algumas horas de navegação do Faial.

Perto da praia do Almoxarife, há também um museu interessante, onde pode admirar uma coleção rica e peculiar de artefatos antigos de ossos de baleia, animais sempre presentes nas águas da ilha (e que podem ser vistos durante passeios de barco).

Praias na Ilha de Santa Maria

11. Praia Formosa (Santa Maria)

Praia Formosa (Santa Maria)

As praias da ilha de Santa Maria são muito diferentes das típicas praias vulcânicas negras presentes em todo o arquipélago dos Açores. Em Santa Maria, existem algumas praias de areia branca fina e os ventos acariciam-nas com mais suavidade do que em outros lugares.

A mais bonita deste tipo é a Praia Formosa, caracterizada por águas azuis calmas e cristalinas, e uma faixa de areia branca, larga o suficiente para receber turistas que vêm à ilha para admirar este espetáculo da natureza e, é claro, também para dar um mergulho nas suas águas paradisíacas.

A Praia Formosa também pode ser admirada de cima, no Miradouro da Macela. Uma experiência e uma vista verdadeiramente únicas! Por fim, a Praia Formosa é o cenário esplêndido para um importante festival que já atingiu a sua 35ª edição, o Festival Maré de Agosto, um festival que dura quatro dias em meados de Agosto e combina a descoberta das belezas naturais locais, organizando também atividades como caminhadas e muito mais, com música e festas à beira-mar.

12. Baía de São Lourenço (Santa Maria)

Baía de São Lourenço (Santa Maria)

A Baía de São Lourenço está localizada na ilha de Santa Maria e é uma baía muito grande, onde o azul do mar atinge tons inesperados de verde esmeralda e turquesa. Esta baía está numa posição muito favorável: graças à sua forma semicircular, é protegida da chuva e do vento.

É precisamente por este motivo que, por trás da Baía de São Lourenço, foram criados muitos espaços típicos onde crescem as vinhas, nos quais são produzidos os melhores vinhos locais de todo o arquipélago dos Açores, perfumados, encorpados, quase licores nalguns casos.

A Terra e a Água são dois elementos que se fundem frequentemente e voluntariamente nos Açores, e fazem-no com uma harmonia incrível: é o caso da ilhota do Romeiro, localizada em frente à baía, que para além de oferecer uma vista espetacular desde cima, nela se encontra uma caverna que é o habitat natural do Nóctulo dos Açores, o único mamífero endógeno do arquipélago.

A Baía de São Lourenço é o local ideal para relaxar e deitar-se ao sol: nas margens não há vento que incomode, e terá sempre um bom copo de vinho à mão.

Praias na Ilha das Flores

13. Praia da Fajã Grande (Flores)

Praia da Fajã Grande (Flores)

Passamos agora para a parte mais ocidental, não apenas do arquipélago dos Açores, mas também de toda a Europa. A Ilha das Flores é um lugar verdadeiramente fascinante, tão remoto que abriga espécies animais visíveis apenas aqui para todos os felizardos que decidem aventurar-se nas suas costas.

A Praia da Fajã Grande é uma verdadeira pérola aninhada entre as rochas vulcânicas da costa da Ilha das Flores e, com as colinas verdes atrás dela e banhada pela água azul-turquesa, poderia facilmente ser uma praia nas Ilhas do Amazonas.

Esta praia é frequentada principalmente por ilhéus e amantes de desportos aquáticos: o surf, o snorkeling e o mergulho são as atividades que melhor valorizam a natureza incrível da Fajã Grande. As suas águas são tão limpas e cristalinas que conquistaram o título de Praia Qualidade de Ouro pela Quercus, a maior associação ambiental de Portugal.

Praias na Ilha de São Jorge

14. Praia da Fajã da Caldeira do Santo Cristo (São Jorge)

Praia da Fajã da Caldeira do Santo Cristo (São Jorge)

Vamos agora para São Jorge e para um dos trilhos mais bonitas de todas, o que leva até à Praia da Fajã da Caldeira do Santo Cristo.
Mas o que é uma Fajã? São pequenas planícies costeiras criadas ao longo de milénios como resultado do deslocamento de lava e que dão à costa uma morfologia verdadeiramente única formada por pequenos lagos vulcânicos cercados por pântanos e vegetação (típica das encostas dos vulcões) que praticamente enchem o mar e parecem, vistos de cima, verdadeiras extensões das encostas dos vulcões.

Bem, São Jorge está cheia de Fajãs, são mais de 40. Neste caso, a Fajã da Caldeira do Santo Cristo é uma das mais bonitas e sugestivas. Pode ser admirada de cima, mas também pode ser visitada percorrendo a Reserva Natural que a rodeia por um trilho que atravessa áreas cheias de hortênsias e outras flores perfumadas e bonitas, riachos, cascatas, áreas pantanosas e miradouros.

Uma vez chegados à costa, existem inúmeras casas de surf para quem deseja praticar esse desporto aquático, uma longa praia de pedras e rochas escuras e o oceano azul que, com a sua frescura, refresca os aventureiros que percorreram o trilho até lá.

Praias na Ilha do Pico

15. Praia Canto da Areia (Pico)

Praia Canto da Areia (Pico)

Concluímos a nossa viagem atracando na Ilha do Pico. A Praia do Canto da Areia (também conhecida como Portinho da Areia) é a única praia da ilha, caracterizada pelas suas rochas vulcânicas e falésias íngremes. A peculiaridade desta praia é que a sua areia é um pó criado ao longo dos milénios que consiste em grãos de cinzas vulcânicas e conchas esfareladas.

3 COMENTÁRIOS

  1. Certamente porque quem fez este documentário, quando visitou a Ilha Terceira só viu o que lhe quiseram mostrar, ou o que lhe pagaram para nos mostrar.
    Temos pena.

  2. Realmente… Água muito fria?????
    temperatura média mais alta em São Miguel é 23°C em agosto e a mais baixa de 16°C em fevereiro. A temperatura da água está entre 16°C e 25°C

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here