Início Viagens As 12 melhores praias fluviais do Rio Alva

As 12 melhores praias fluviais do Rio Alva

É um dos rios mais bonitos, puros e cristalinos de Portugal que nasce na Serra da Estrela e desagua no Mondego. Estas são as melhores praias fluviais do Rio Alva.

0

9. Praia Fluvial de Vila Cova à Coelheira

Vila Cova à Coelheira fica localizada em pleno parque natural da Serra da Estrela e por isso as águas da sua magnifica praia fluvial em que a sua requalificação foi terminada em 27 de Julho de 2013, são de excelente qualidade e límpidas, mas também bastante frias. A praia é vigiada e as suas águas e a zona de banhos tem areão no fundo.

Praia Fluvial de Vila Cova à Coelheira
Praia Fluvial de Vila Cova à Coelheira

Esta é mais uma praia fluvial do Rio Alva que percorre esta zona da Serra da Estrela e que passa por esta freguesia. O acesso depois de chegar a Vila Nova à Coelheira tem que se ir por uma estrada de paralelos e passar uma ponte Romana para ter acesso ao parque de estacionamento. Aqui é preciso ter atenção pois só passa um carro de cada vez (excepto alguns sítios que dá para se arrumar).

 

10. Praia Fluvial do Sabugueiro

A aldeia do Sabugueiro é a mais alta de Portugal situando-se a 1100 metros de altitude. É também conhecida pelos seus recursos naturais, sendo aqui que se situa a Praia Fluvial do Sabugueiro. O Rio Alva é afluente do Rio Mondego sendo portanto um rio de montanha e por isso, por estar tão próximo da Serra da Estrela as suas águas são frias e límpidas. As suas águas quase termais características da Serra da Estrela que banham esta praia permitem não só dar umas braçadas como também fazer pesca desportiva. A pureza da água permite ver os peixes a nadar.

Praia Fluvial do Sabugueiro
Praia Fluvial do Sabugueiro

Perto do local não existe parque de estacionamento uma vez que se situa muito perto da aldeia. É possível ir de carro se assim o desejar. Esta pequena aldeia é uma das portas de entrada para a Serra da Estrela. É quase um ponto de paragem obrigatório pelos seus deliciosos queijos e licores não podendo deixar de provar as sandes de queijo e presunto. Devido à sua localização é um excelente ponto de partida para explorar um pouco mais a Serra da Estrela. Experimente o Vale do Rossim, a barragem de Lagoacho e a Lagoa Comprida.

 

11. Praia Fluvial de Lapa dos Dinheiros

A praia fluvial de Lapa dos Dinheiros está em plena comunhão com a natureza. Localizada na ribeira da Caniça, um afluente da margem direita do rio Alva, esta zona de banhos enquadra-se numa paisagem de montanha, dominada pelo souto da Lapa e imponentes afloramentos graníticos. Com um espelho de água límpida, muito apetecível a banhos, a praia ostenta o galardão de praia acessível e tem vigilância.

Praia Fluvial de Lapa dos Dinheiros
Praia Fluvial de Lapa dos Dinheiros

O relevo acidentado do vale faz com que a ribeira forme, nas imediações, uma sucessão de pequenas cascatas. Também o souto da Lapa, para além do conjunto valioso de castanheiros centenários, alberga uma biodiversidade elevada. Partindo da ponte, um caminho pedonal dá acesso ao buraco da Moura e a um miradouro sobre as quedas de água da Caniça.O buraco da Moura constitui um sistema cavernícola natural originado pelo deslizamento e acumulação de grandes blocos graníticos, que formaram um complexo sistema de salas e galerias.

 

12. Praia Fluvial de Barril de Alva

A zona de lazer do “Urtigal” localiza-se no Barril de Alva, freguesia do Concelho de Arganil, de que dista 15 km, está situada na margem direita do rio Alva. Barril do Lava possui duas praias fluviais: a praia Fluvial de Barril de Alva, a povoação principal da freguesia, e a praia fluvial do Urtigal, outra aldeia bem próxima da anterior.

Praia Fluvial de Barril de Alva
Praia Fluvial de Barril de Alva

No aspecto paisagístico, evidenciam-se os seus açudes com particular destaque para o existente na zona de lazer do “URTIGAL”, cerca de 1 km, constituída por zonas de recreio atractivas, de águas límpidas e areias claras. O seu açude criou um extenso “espelho de água”. A área envolvente caracteriza-se por uma vasta zona arborizada, espaço privilegiado de repouso. Este local já se encontra abastecido de água potável que provém de uma nascente. O acesso viário à zona fluvial é feito à saída da povoação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here