Início Viagens As 12 melhores praias de Olhão e arredores

As 12 melhores praias de Olhão e arredores

São praias que fazem parte do imaginário dos algarvios e dos portugueses. Estas são as melhores praias de Olhão e arredores.

3294
0
Olhão
Fuseta

A cidade algarvia de Olhão é um daqueles destinos que fazem parte da nossa nostalgia. Ainda muito antes de as praias do Algarve se tornarem num destino de massas, já alguns veraneantes rumavam até às praias de Olhão para dar um mergulho. Fuseta e Armona são dois clássicos do Verão algarvio. Olhão possui um total de 5 praias, embora neste artigo tenhamos optado por uma abordagem ligeiramente diferente em relação a elas: existem 2 praias na Fuseta e 2 praias na Armona mas, em ambos casos, optámos por inclui-las na mesma designação. Outra praia, a praia dos Cavacos, foi excluída desta lista por não possuir a qualidade mínima necessária. Perto de Olhão existem muitas outras praias, a uma curta distância, que mereceram a entrada nesta lista. Estas são as melhores praias de Olhão e arredores.

 

1. Praia da Fuseta

A praia situa-se na extrema leste da Ilha da Armona, em frente à Fuseta, vila piscatória mas já em terra firme. Aqui a Ria Formosa estreita-se, o barco serpenteia pelos mesmos canais ladeados por bancos de vasa e de sapal, mas a viagem é mais curta. As tempestades de mar de 2010 alteraram significativamente a configuração desta língua de areia, tendo desaparecido o pequeno casario de veraneio que existiu outrora.

Fuseta
Fuseta

Foi necessário abrir artificialmente uma nova barra na ilha, chamada de Barra Nova, que se situa agora cerca de 1,5 km para nascente da zona balnear da praia. Os equipamentos de apoio à praia foram entretanto requalificados e é a paisagem natural que se impõe novamente na Praia da Fuseta. O troço de areal entre a nova barra e o local onde se situou a barra antiga foi designado como Praia da Barra Nova, constituindo agora um areal deserto e intocado, com piscinas naturais muito convidativas na baixa-mar.

 

2. Praia da Ilha da Armona

Acessível por barco a partir de Olhão, numa travessia que demora cerca de 15 minutos, a Ilha da Armona faz parte do cordão de ilhotas que separam a Ria Formosa do mar. Integrada no Parque Natural, esta ilha é o extremo oeste de um longo areal que se prolonga por quilómetros na direcção leste até Tavira.

Praia da Ilha da Armona
Praia da Ilha da Armona

Verdadeiro paraíso sem automóveis e sem stress, a Armona possui Parque de Campismo e oferece condições para a prática de diversos desportos náuticos como o windsurf, a vela e a canoagem. Na ilha existe uma pequena povoação de pescadores, com restaurantes que confeccionam deliciosos pratos de peixe e marisco, característicos da gastronomia tradicional.

 

3. Praia do Barril

A Praia do Barril situa-se sensivelmente a meio da Ilha de Tavira, uma estreita língua de areia fina e branca. No acesso à praia é possível realizar um percurso pedonal sinalizado com seis estações de observação, permitindo contemplar a riqueza ambiental da Ria Formosa. Pelo caminho, que é muito aprazível, vale a pena observar a diversa fauna dos bancos de vaza, especialmente as bocas cava-terra (caranguejo típico destas zonas) que correm a esconder-se nos buracos de lodo à passagem dos veraneantes, e, mais perto da praia, a vegetação dos extensos campos dunares de onde se liberta um cheiro muito característico a caril, oriundo duma pequena planta chamada perpétua-das-areias.

Praia do Barril
Praia do Barril

O equipamento turístico da praia foi adaptado a partir de uma antiga armação de pesca do atum e no local ainda se pode ver o casario original e alguns objectos da faina, bem como um conjunto de grandes âncoras que se encontram dispostas no espaço envolvente da praia, ajardinado com plantas das dunas. Esta praia possui equipamentos de apoio aos utentes (restaurantes, bares, wc), bem como vigilância durante a época balnear. Acesso: é necessário atravessar uma estreita ponte pedonal que se eleva sobre um canal da ria e seguir depois a pé ou através de um pequeno comboio que assegura um serviço regular (cerca de 1 km) até ao areal.

 

4. Praia da Barreta

A Praia da Barreta situa-se na Ilha Deserta, à entrada da Barra Nova (Barra Faro-Olhão) e faz jus ao nome pelo facto de não ter construções e de ser pouco frequentada. O acesso faz-se por mar, a partir do Cais da Porta Nova (Portas do Mar), sendo que na travessia pode observar na maré vasa pequenos labirintos de areia, canais e bancos de sapal. Pelo caminho há que prestar também atenção às diversas aves que por aqui se alimentam. A Praia da Barreta é uma das mais bem conservadas e menos frequentadas praias do Algarve. Cerca de 11 km de silêncio e sossego caracterizam a Ilha Deserta, onde tudo parece encaixar-se perfeitamente entre mundos tão distintos como a terra, o mar e o ar.

Praia da Barreta
Praia da Barreta

A partir do pontão de embarque pode optar por realizar um interessante percurso ambiental. Este percurso é circular, inicia-se num passadiço de madeira (no lado da Ria) e termina no areal da praia (do lado da Costa). Aqui pode contemplar a flora e a fauna existentes. No areal, a poente do local onde desemboca este passadiço, foi aprovado pela Assembleia Municipal de Faro a criação de uma zona destinada à prática do Naturismo. Raro santuário, a Ilha Deserta convida à tranquilidade e ao descanso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here