Início Lifestyle Alimentação saudável: 5 benefícios do gengibre

Alimentação saudável: 5 benefícios do gengibre

É um alimento cada vez mais consumido e possui muitas potencialidades desde que inserido numa dieta saudável: descubra os benefícios do gengibre.

0
gengibre
Gengibre

Desde a antiguidade que o gengibre é conhecido pelos seus benefícios a nível de saúde e pelo seu peculiar e característico sabor. Trata-se de uma raíz, originária da Ásia, que pode ser consumida em pó (como condimento), adicionada a refeições (saladas ou sopas, por exemplo), ou sob a forma de chá.

Trata-se de um produto com enormes potencialidades. No entanto, também possui algumas contra-indicações (se quiser saber mais, basta ler este artigo sobre as contra-indicações do gengibre). Fique a conhecer 5 benefícios do gengibre.

1. Reduz o risco de diabetes

Estudos científicos apontam para que alguns compostos ativos no gengibre melhoram a ação da insulina a nível do metabolismo. Contudo, é importante escolher a forma de consumir este alimento, para que a sua incorporação na dieta seja provida de sentido.

A principal situação de interesse, passa por manter o gengibre seco à mão, para dar sabor a smoothies e obter igualmente salteados e sopas à base de vegetais bem condimentados.

A escolha do gengibre seco justifica-se porque enquanto alguns compostos químicos podem diminuir com o tempo no produto fresco, o processo de secagem melhora outros benefícios.

2. Estimula processos anti-inflamatórios

O gengibre apresenta compostos muito importantes, que se encontram igualmente em outros produtos como nozes, sementes, feijões e grãos integrais, nomeadamente antioxidantes.

Contém compostos semelhantes a antioxidantes, chamados fitonutrientes, que podem reduzir os danos às células. A raiz também pode impedir o início da inflamação.

Com esta informação, torna-se muito interessante estudar a possível adição de gengibre a refeições já nutricionalmente aconselháveis. A chave para desbloquear o aproveitamento das propriedades do gengibre pode estar precisamente aí.

3. Promove o bom funcionamento do estômago

A ideia segundo a qual o gengibre pode ajudar com alguns problemas leves na barriga não é nova. De fato, estudos científicos associam vários benefícios digestivos a este alimento, atuando especificamente em partes do trato gastrointestinal responsáveis ​​por sensações de náusea, dor de estômago e vómitos.

Também pode ajudar a movimentação dos alimentos do estômago para o intestino delgado potenciando processos a nível de digestão mecânica e absorção intestinal. Contudo, é importante reforçar que este alimento não pode impedir intoxicações alimentares ou neutralizar a ingestão de uma substância nociva.

Assim, o que se aconselha é a sua utilização a nível preventivo, pois não retira a necessidade de entrar em contacto com médico o mais rápido possível, se algo exigir atenção clínica urgente.

4. Auxilia na prevenção de doenças cardiovasculares

Os compostos anti-inflamatórios deste alimento também podem reduzir o risco de doença crónica. Estudos científicos recentes relacionaram inclusivamente a ingestão regular de gengibre com menor colesterol e açúcar no sangue, por comparação com o efeito de um placebo.

Mas, assim como já ficou referido para outras situações, a ingestão deste alimento é preventiva. Comer gengibre não pode compensar uma dieta rica em gorduras saturadas e açúcares refinados.

Para além do gengibre, é igualmente recomendada a ingestão de mais vegetais, grãos integrais, proteínas magras, peixes magros, legumes e feijões para reduzir o risco.

5. Pode diminuir o risco de cancro

As propriedades protetoras das células do gengibre podem diminuir o risco a longo prazo de certos tipos de cancro. Isso ocorre porque o tempero e outros aromas podem reduzir a atividade celular que causa alterações no DNA, morte celular e proliferação de células cancerígenas. Também pode ajudar a sensibilizar tumores para tratamentos como quimioterapia e radiação.

Embora o gengibre não seja um remédio, usá-lo regularmente com muitas outras especiarias e alimentos à base de plantas pode ajudar a beneficiar a saúde em geral, o que ajuda a criar defesas orgânicas contra o eventual aparecimento de patologia graves.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here