Início Viagens Aldeia da Mata Pequena: um pequeno paraíso às portas de Lisboa

Aldeia da Mata Pequena: um pequeno paraíso às portas de Lisboa

Há uma aldeia perto de Lisboa que encanta quem a visita graças ao seu carisma e à sua arquitectura tipicamente Saloia. Descubra a Aldeia da Mata Pequena.

8482
0
Aldeia da Mata Pequena
Aldeia da Mata Pequena

Entre os montes e vales da região saloia, a Aldeia da Mata Pequena é um pequeno povoado rural com uma dúzia de habitações, onde ainda se vive em comunhão com a natureza e se respira pacatez e autenticidade. Simples, rústicas, pequenas e muito acolhedoras, as casas rigorosamente recuperadas, das quais pouco mais restava do que paredes e ruínas, são fruto do muito trabalho de pesquisa, e sobretudo, da persistência de Ana e Diogo Batalha que lhes dedicaram um carinho só imaginável a gente apaixonada pelo que faz. É um lugar repleto de ternuras e pedaços de um passado que nos é comum, peças de mobiliário e utensílios que fizeram a infância de todos nós e que hoje nos avivam memórias com entusiasmo.

Aldeia da Mata Pequena
Aldeia da Mata Pequena

A Aldeia da Mata Pequena é um paraíso que convida ao descanso e ao contacto com a natureza às portas de Lisboa. Trata-se de um tesouro da arquitectura tradicional da região saloia, em plena Zona de Protecção Especial do Penedo do Lexim, que os trabalhos de recuperação fizeram questão em preservar. Para quem passeia ou fica hospedado na Aldeia da Mata Pequena a sensação é a de estar num museu a céu aberto, onde o modo de vida do antigamente se mantém preservado através dos cheiros, das cores e das tradições. As casas que aqui encontra são disso o melhor exemplo, resultado de muito trabalho de pesquisa e recolha que conquista cada um dos visitantes.

Aldeia da Mata Pequena
Aldeia da Mata Pequena

Respeitando rigorosamente a típica arquitectura saloia, utilizaram materiais de construção tradicionais – alvenaria de pedra, argamassas de cal, telha de canudo, madeiramentos em choupo, cedro ou casquilha –, mobilaram-nas e decoraram-nas com peças e objectos de outros tempos, dotando-as, em simultâneo, de todas as condições de conforto de que hoje sentimos falta. De forma a que os visitantes se sintam verdadeiros aldeões, na cozinha de cada casa há produtos da região para o pequeno-almoço, entre eles pão de Mafra cozido em forno de lenha, deixado ainda a fumegar em todas as portas.

Aldeia da Mata Pequena
Aldeia da Mata Pequena

Passar uns dias na Aldeia da Mata Pequena permite ainda um regresso a um estilo de vida campestre pelo facto de ali persistirem animais de quinta como o burro Augusto, o porco Guedes, as cabras, os coelhos, os perus, os patos, as galinhas. Depois, numa envolvente de uma beleza paisagística de cortar a respiração, não faltam trilhos pedestres que permitem a descoberta de rios, cascatas, moinhos, azenhas e aldeias abandonadas.

Aldeia da Mata Pequena
Aldeia da Mata Pequena

O que fazer na Aldeia da Mata Pequena?

A Aldeia tem ao seu dispor um conjunto diverso de passeios com diferentes níveis de dificuldade. Por isso não hesite em trazer as botas de caminhada ou a bicicleta. Se preferir, pode andar a cavalo ou dar um passeio off-road num jipe, desde que reserve com antecedência. A Mata Pequena possui uma área dedicada a preservar o burro tradicional da região.

Aldeia da Mata Pequena
Aldeia da Mata Pequena

As “burricadas” com estes pacíficos animais proporcionam sempre momentos de grande alegria. As crianças vão-se divertir a interagir com o burro, bem como com os outros animais da Aldeia. Observar e aprender os usos e costumes de outros tempos e pelo menos por umas horas, irão esquecer Playstations e computadores.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here