Início Cultura A palavra da Língua Portuguesa que os americanos querem copiar

A palavra da Língua Portuguesa que os americanos querem copiar

Dizem que é uma das palavras da Língua Portuguesa que melhor caracteriza o povo português. E agora... parece que os americanos a querem copiar.

74439
33
Língua Portuguesa
Língua Portuguesa

Há palavras em japonês (“tsundoku” — comprar e acumular livros que nunca lemos), indonésio (“jayus” — uma piada tão mal contada que não resistimos a rir dela), norueguês (“utepils” — beber uma cerveja ao ar livre num dia de sol) ou georgiano (“shemomedjamo” — continuar a comer apesar de estarmos cheios, por estar a saber tão bem). E no meio de uma vintena de línguas, há também uma palavra em português: “desenrascanço”.

O site Buzzfeed elegeu “28 belas palavras que a língua inglesa deveria roubar”, por lamentavelmente não existirem sinónimos no idioma do senhor Shakespeare.

E a prova de que o trabalho foi bem feito está tanto na qualidade das palavras escolhidas (a maior parte das quais, diga-se de passagem, a língua portuguesa também deveria roubar), como no facto de a palavra gualdripada ao português não poder ser melhor escolhida.

Não foi “fado”, não foi “saudade”, foi mesmo “desenrascanço”, que é assim traduzida: “the last minute improvisation of a hasty but perfectly sound solution; pulling a MacGuyver”. Ou seja: “improvisação de última hora de uma solução apressada mas perfeitamente eficaz”.

É mesmo isso. A que se segue uma palavra em inglês que não tem exactamente tradução na língua de Camões, mas que é sempre uma bonita citação de um extraordinário ícone dos anos 80… que, sim, foi o grande mestre internacional do desenrascanço. Só lhe faltou mesmo ser português.

desenrascanço
Desenrascanço

O que os americanos desconhecem, talvez, é que não basta adoptar a palavra para conhecer a verdadeira arte do desenrascanço. O desenrascanço é uma qualidade inata dos portugueses e, também, dos brasileiros. Dificilmente se encontram outros povos que sejam capazes de ter tanta criatividade para fazer tanto com tão pouco à última da hora, ou seja, para improvisar quando nada parece ter solução.

 

3 palavras portuguesas sem tradução em outros idiomas

1. Saudade

Esta palavra é, há muito, catalogada como sendo ‘só portuguesa’. Segundo a tradução feita, esta palavra significa um desejo melancólico ou nostálgico por uma pessoa, lugar ou coisas, que estão longe, quer no espaço, quer no tempo. Uma vaga de nostalgia que sonha, por vezes, com fenómenos que podem mesmo nem existir. Assim é a explicação da saudade, para Lomas. Para ilustrar a palavra ‘saudade’, o artigo da BBC fala da fadista Cristina Branco e das suas músicas com o tema do que é sentir-se saudoso a ponto de se morrer de saudade. Tal como tantos outros artistas o fazem.

 

2. Desbundar

A expressão é explicada, segundo a BBC, como sendo a forma de perder as inibições e, simplesmente, entrar em modo de diversão.

 

3. Desenrascanço

Toda a gente sabe o que é ‘desenrascar-se’ de algo. Pois bem, segundo conta a BBC, é o ato de se desembaraçar engenhosamente de uma situação problemática. Falta é a expressão exacta para traduzir.

33 COMENTÁRIOS

  1. Desenrascanço, na realidade, não é uma palavra utilizamos no Brasil. Aqui, utilizamos o termo “gambiarra”, com o mesmo significado.

      • Desenrascar é verbo mas desenrascanço substantivo e confesso que jamais havia ouvido falar dela.
        Gambiarra é muito melhor em minha modesta opinião.

        • Aqui no Brasil até usamos a palavra enrascada… entrar/estar em uma enrascada; ou sair/se livrar de uma. Desenrascar-se, no entanto, ainda não tinha ouvido – apenas desenrolar-se, que não carrega o mesmo exato significado. Vou adotar! Hauhauheua. Gambiarra, mesmo indo na mesma direção, não tem um verbo; dizemos ‘fazer uma gambiarra’.

          • Acaba sendo isso. O desenrascanço em português tem a ver com encontrar solução estando enrascado

  2. Olá, Roger Amaral. Usamos muito “armengue” com a mesma finalidade. Vem do inglês passando pelo baianês. Pesquise..

  3. Lógico que não, ” gambiarra” e “desenrascanço” e totalmente diferente.
    Desenrascanço:é o ato de se desembaraçar engenhosamente de uma situação problemática.
    Gambiarra:Solução improvisada para resolver um problema ou para remediar uma situação de emergência; remendo.

  4. Creio que o mais próximo desta palavra e significado aqui na região nordeste, seria “desenrolado” ou “desenrolar” sendo usado o verbo. É comum dizermos que certa pessoa é “desenrolada” pois resolve bem os problemas. Ou quando pedimos a alguém que “desenrole” este problema pra mim, por exemplo.

  5. Não usamos a palavra “desenrrascanço” no Brasil e, não, gambiarra não a substitui, porque gambiarra não pressupõe uma coisa feita com qualidade, gambiarra é um jeito que se dá para resolver algo, para o qual não temos outra solução no momento. Porém, na maioria das vezes essa não é nem a melhor, nem a mais correta solução para o problema. E também não fazemos uso de uma palavra que a substitua à altura, pelo menos não no Rio de Janeiro.

  6. Gambiarra em português é uma extensão de cabo elétrico com uma lâmpada protegida, comummente usada na construção civil. Gambiarra era uma candeia que iluminava a parelha de bois ou jumento na escuridão. Gambiarra, no início da era automóvel eram os faróis, que de tão fracos “pareciam umas Gambiarras”. “GAMBIARRA” uma forma de iluminar e rasgar a escuridão… E….

  7. Olá, um grande abraço a todos. Aqui no estado do Rio Grande do Sul, Brasil, nós gaúchos usamos a expressão enrrascada, e desenrrascar, para definir uma situação difícil, e sua solução. O termo”gambiarra”, utilizamos como um substantivo, gambiarra é por exemplo, o “Bombril” que colocáva-mos na antena da TV, para captar melhor a imagem, é qualquer coisa nesse sentido, porém sua natureza é material, não é um ato. Obrigado a todos, Napoleão Gomide.

  8. Gambiarra vem de instalação de sistemas de gás, que por serem emarranhados e arriscados viraram sinônimos de improviso sem técnica adequada, apesar das instalações de gás seguirem técnicas e normas de segurança. Desenrascar é simplesmente sair de uma enrascada, que no Brasil tem significado diverso de Portugal.

  9. Para acabar com a discussão o melhor é mesmo usar desenmerdar, que é sinomino! Acho que ninguém, seja português, brasileiro, angolano, cabo verdeano, ou whatever, precisa que lhe explique o que significa!

  10. Aqui no Brasil, desenrascanço (que é o substantivo), nós não usamos não. Eu, pelo menos, conheci essa palavra hoje. Já seu verbo, desenrascar, é bem isso de McGaiver mesmo!
    Interessante os americanos quererem “roubar” tal palavra. Nós brasileiros também deveríamos! 😀

    Ou simplesmente começar a usar, já que já é do nosso amado português! 😉

  11. De repente, um longo rol de comentários inteligentes, jocosos, interessantes e curiosos em volta de uma palavra que nem os mais eruditos dela fazem uso. Bem diferente daqueles que descem a ladeira na pobreza sobre as marcas dos biquinis de celebridades ou os “quase mostrou demais” propositais de quem, sem nem ao menos imaginar não passa de um desenrascanço.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here