Início Sociedade 8 coisas que eram melhores no tempo da ditadura

8 coisas que eram melhores no tempo da ditadura

Estamos muito melhor agora, mas temos que admitir que nem tudo na revolução foi um mar de rosas. 8 coisas que eram melhores no tempo da ditadura.

22942
5
PARTILHE

5. Crescimento salarial e poder de compra

cinquenta-escudos

Já reparou quanto aumentam os salários a cada ano que passa? 1%, 2%, 3%. E como era no tempo da ditadura? Antes do 25 de Abril, por cada período de 5 anos, os trabalhadores duplicavam o seu salário e aproximadamente o seu poder de compra. Este aumento verificou-se no período de 1970 a 1974, apenas 4 anos, querendo dizer que estávamos, então, no período mais alto de crescimento. De 1960 a 1974 – 14 anos – os trabalhadores aumentaram aproximadamente 7 vezes o seu salário, a que corresponde um aumento pelo menos de 5 vezes o seu poder de compra. É impressionante! Mas é verdade, facilmente comprovável. Quer queiramos, quer não, era o crescimento que tínhamos em Portugal, talvez o maior do mundo, que permitia uma aproximação rápida aos maiores níveis da Europa, então no auge das convulsões sociais, logo que chegou o desafogo do pós-guerra.

6. Emprego

trabalhadores

Não havia desemprego, nem mesmo para os deficientes. Uma parte da mão de obra era absorvida pela agricultura, pescas e turismo, sectores, infelizmente, estrangulados após o 25 de Abril. A outra parte não chegava para o comércio e indústria. O pessoal que se ia deslocando das zonas serranas e terras mais interiorizadas era insuficiente para as necessidades. É óbvio que, apesar de não haver desemprego, os salários eram muito baixos, embora subissem a um ritmo muito elevado todos os anos.

5 Comentários

  1. Proteção de fogos florestais: lembro aqui os 2 maiores incêndios de que me lembro (serra do caramulo e serra de sintra). Não restou nada e foi em ditadura…..

  2. Sobre os fogos florestais, importa referir que o tipo de vida na época era responsável pela limpeza das matas, no ponto em que se apanhava muito mato, e especialmente a caruma dos pinheiros, para fazer a cama do gado. Ora sem esse material combustível, ou pelo menos em menor quantidade, era natural que houvesse menos fogos

  3. Sou desse tempo e a limpeza das florestas eram feitas como acima dis Avelino Ferro a época éra outra e a miséria ajudava o dito Estado Novo,hoje para pôr termo a menos fogos,tem que Haver autoridade e justiça,a partir de là, a solução aos fogos estava encontrada,as autordades locais e os governos que se socederam, téem culpa no cartorio,simplismente poque não exerceram autoridade e justiça na limpeza que devia ser obrigatoria e cumprida, mas imfelismente não é e o resoltado està hà vista,conheço grandes arias de plantação de eucaliptos enunca houve fogos!…porquê?… poque hà limpeza,corta matos e vigilancia,mas não sou contra a que se plantem outras arvores, bem ao contrario, devem-se plantar,a limpeza,as distancias,os corta matos e a vigilancia tem que existir.

  4. Realmente Salazar era tão mal que equilibrou as finanças de Portugal, criou cidades cosmopolitas em Angola e Moçambique, e mesmo assim ele morreu na pobreza.

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here