Início Viagens 30 fantásticos percursos pedestres no Gerês

30 fantásticos percursos pedestres no Gerês

O Parque Nacional Peneda Gerês possui alguns dos melhores trilhos do país em contacto com a natureza. Descubra 30 fantásticos percursos pedestres no Gerês.

2

11. PR Caminhos do Pão, Caminhos da Fé

Soajo
Soajo

Localização: freguesia de Soajo, concelho de Arcos de Valdevez.

Ponto de partida e chegada: Lugar da Lage, freguesia de Soajo.

Extensão: 6,8 km.

Duração: cerca de 3 h.

Dificuldade: fácil.

Pontos: Lage – Calçada de Pena Curveira – Moinhos da Cruz – Branda de Murço – Ínsuas – Vila de Soajo.

Apoios: sinalizado segundo as normas internacionais. Folheto em “Relacionados”, à esquerda desta página, na Porta do Parque Nacional da Peneda-Gerês no Mezio e nos sítios da ARDAL e da ADERE-PG.

Breve descrição

Este percurso pedestre explora diversos locais relacionados com o cultivo do milho (e do vinho) e a feitura do pão, essencial à alimentação das gentes de Soajo. Percorre também muitos dos caminhos que as levavam em procissão, romaria ou simples passeio a locais de culto como o Senhor da Paz, a Senhora da Peneda, S. Bento do Cando e, até, a Santiago de Compostela. Por estes caminhos fazia-se ainda o pastoreio e transumância do gado, adaptando o dia a dia das gentes aos recursos de cada época do ano.

Folheto: PR Caminhos do Pão, Caminhos da Fé

 

12. PR Ramil

fim de semana romântico
Soajo

Localização: Lugar de Cunhas, freguesia de Soajo, concelho de Arcos de Valdevez.

Ponto de partida e chegada: cemitério (Lugar de Cunhas).

Extensão: 4 km

Duração: cerca de 2 h.

Dificuldade: fácil.

Cota máxima: 473 m.

Pontos: cemitério (Lugar de Cunhas) – Alto da Barreira – Cunhas e regresso ao local de partida.

Apoios: sinalizado segundo as normas internacionais. Folheto nesta página, na Porta do PNPG no Mezio e nos sítios da ARDAL e da ADERE-PG.

Breve descrição

O percurso de Ramil localiza-se na encosta nascente da serras da Peneda e do Soajo, no extremo Este do concelho de montanha de Arcos de Valdevez e envolve o território da freguesia de Soajo, percorrendo parte do lugar de Cunhas. Tem como ponto alto a passagem pela Branda de Ramil, uma branda de cultivo dos lugares de Cunhas e da “Vila” (Soajo), de vocação essencialmente agrícola.

Folheto: Ramil

 

13. PR Moinhos de Parada

locais para visitar no Norte de Portugal
Lindoso

Localização: freguesia de Lindoso, concelho de Ponte da Barca.

Ponto de partida e chegada: Lugar de Parada, freguesia de Lindoso.

Extensão: 7 km.

Duração: cerca de 4h:30min.

Dificuldade: média.

Pontos: Parada – Lajes – Cova da Revelha – Moinhos do Porto do Inferno – Outeiro do Sapo – Moinhos do Diabrete – Chão da Cabeça – Parada.

Apoios: sinalizado segundo as normas internacionais. Folheto nesta página, no PNPG, na ADERE-PG e nas Portas do PNPG.

Breve descrição

Este percurso pedestre conduz-nos à descoberta da povoação de Parada, na freguesia de Lindoso. Nas margens do rio Lima encontramos velhos moinhos (hoje, na sua maioria, abandonados), símbolos da arquitectura tradicional e engenhosas obras de engenharia hidráulica. Não são apenas os moinhos os pontos de interesse deste percurso, mas toda a paisagem envolvente, transformada pelas populações humanas, através da pastorícia e agricultura, e que, sabiamente, utilizaram os recursos naturais disponíveis.

Folheto: PR Moinhos da Parada

 

14. PR Penedo do encanto

Lindoso
Lindoso

Localização: freguesia de Lindoso, concelho de Ponte da Barca.

Ponto de partida e chegada: Lugar de Parada, Freguesia de Lindoso. Apesar de necessitar de reposição e melhoria da sinalização, este trilho pode ser realizado.

Extensão: 4 km.

Duração: 2 h.

Dificuldade: fácil.

Pontos: Parada – Penedo do Encanto (Bouça do Colado) – ribeiro de Mulas – Parada e regresso ao local de partida.

Apoios: sinalizado segundo as normas internacionais. Folheto nesta página.

Breve descrição

As gravuras rupestres da Bouça do Colado ou “Penedo do Encanto”, constituem o principal ponto de interesse deste percurso pedestre. Ainda não há certezas sobre o significado da grande variedade de figuras geométricas gravadas na rocha, mas pensa-se que deviam ter um objectivo mágico. A crença popular admite mesmo que, no seu interior, estejam tesouros escondidos pelos mouros e que é necessário decifrar as gravuras para lhes aceder.

Folheto: PR Penedo do encanto

 

15. PR Megalistismo de Britelo

Britelo
Britelo

Localização: freguesia de Britelo, concelho de Ponte da Barca.

Ponto de partida e chegada: Britelo.

Extensão: 11 km.

Duração: cerca de 3 horas.

Dificuldade: média.

Cota mínima / máxima: 130 m / 500 m.

Pontos: Britelo – Chã da Rapada – Chã da Escusalha – Vale da Coelheira – Chã de Cabanos – Britelo.

Apoios: sinalizado segundo as normas internacionais. Folheto em “Relacionados”, à esquerda desta página, no PNPG, na ADERE-PG e nas Portas do PNPG.

Breve descrição

Toda a serra Amarela foi ocupada desde tempos remotos, conhecendo-se hoje vestígios dessa ocupação. Da Idade do Ferro ficaram vestígios do castro da Ermida; da época romana encontramos os povoados de Bilhares, da Torre Grande e do Cabeço do Leijó e a estátua conhecida por Pedra dos Namorados. Em Britelo são as necrópoles megalíticas (conjunto de monumentos funerários) que assumem um maior destaque e cujos diferentes núcleos poderá conhecer.

Folheto: PR Megalitismo de Britelo

2 COMENTÁRIOS

  1. DE Todas Estas Riquezas Nos Orgulhamos Todos em Geral,Uma Coisa Poderia Ser Bastante Henriquecida,se Fossem Feitos Roteiros Turisticos Organizados Socialmente Sem Fins Lucrativos ,entre Camãras e Juntas DE Freguesia com Seu Cidadãos ,mas Ainda Melhorados com Qs Quais os Interesses de Cada Região Em Livros e Pequenos Cedes Musicais e Documentários . Joaquim Barroso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here