Início História 1936: quando os militares de Elvas quiseram reconquistar Olivença

1936: quando os militares de Elvas quiseram reconquistar Olivença

Desde a guerra das Laranjas que a questão de Olivença nunca ficou totalmente resolvida, mas durante a guerra civil espanhola, os militares de Elvas ofereceram-se para a reconquistar.

2618
1
Olivença
Olivença

Terminada a Grande Guerra, o Governo Português estuda a possibilidade de levar a Questão de Olivença à Conferência de Paz, tendo, para o efeito, o Embaixador Teixeira de Sampaio redigido um extenso relatório.Uma vez que a Espanha não participara no conflito mundial, não foi possível a intervenção da comunidade internacional no Litígio de Olivença.

Olivença - João Sousa
Olivença – João Sousa

1926, Junho, 29 – É celebrado um acordo entre Portugal e Espanha para a demarcação da fronteira desde a foz do Rio Cuncos até à foz do Guadiana.

Ficou por demarcar, até hoje, a fronteira entre Portugal e Espanha, desde a foz do Rio Caia até à foz do Rio Cuncos, devido ao Problema de Olivença.

Igreja de Olivença - Juan Franco
Igreja de Olivença – Juan Franco

Durante o conflito espanhol, o Coronel Rodrigo Pereira Botelho ofereceu os seus serviços para ocupar Olivença. O Regimento de Caçadores 8, estacionado em Elvas, esteve pronto para tomar Olivença, sendo impedido pelos superiores hierárquicos.

Um grupo de legionários portugueses teve o mesmo propósito. Vários oliventinos, defensores da reintegração em Portugal, terão sido eliminados, aproveitando dissimuladamente as desordens da Guerra Civil.Aos oliventinos que se refugiavam aquém Guadiana era dado acolhimento, sendo os espanhóis recambiados para o seu território.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here