Início Viagens 15 fantásticos locais para visitar em Moscovo

15 fantásticos locais para visitar em Moscovo

Moscovo, capital da Rússia, é uma cidade vibrante e cosmopolita, repleta de história e monumentos. Descubra os melhores locais para visitar em Moscovo.

5

7. Parque Gorky

O Parque Gorky (cujo nome real é “Parque de Cultura e Lazer em memória de M. Gorki”), é um dos melhores parques urbanos de Moscovo e está localizado ao longo do rio Moscovo, não muito longe do centro da cidade (2 quilómetros ao sul-oeste do Kremlin). Foi nomeado em homenagem ao escritor soviético Maximo Gorky. Nos seus 100 hectares existem vários jardins, lagoas, áreas recreativas e áreas de desporto. O design do parque é o trabalho do arquitecto Konstantín Mélnikov.

Parque Gorky
Parque Gorky

Pode ser alcançado por metro para algumas das suas entradas, onde é paga uma entrada modesta. Duas estações de metro chegam perto da entrada principal na rua Krymski Val: Park Kultury e Oktyábrskaya. O parque foi a inspiração para o filme americano “Gorky Park” (1983), e é nomeado em duas canções: “Wind of Change” Scorpions e na música “Vodka” interpretada pela cantora Morena, no Festival da Canção da Eurovisão de 2008, representando Malta. Além disso, existe também banda russa com o nome do parque.

 

8. Kolomenskoye

Kolomenskoe é um dos lugares mais bonitos de Moscovo. Localiza-se a pouca distância do centro da cidade, numa zona industrial. O caminho até Kolomenskoe pode revelar-se desolador, por entre fábricas, edifícios industrias e monótonos blocos de habitação da época soviética. No entanto, assim que entra neste complexo (que, na realidade, foi uma antiga vila), a percepção altera-se de imediato e cedo se percebe que Moscovo não é apenas o Kremlin e a Praça Vermelha.

A vila de Kolomenskoe foi fundada em 1237 por refugiados de Kolomna, embora traços arqueológicos tenham sido encontrados aqui de civilizações pré-eslavas que datam de mais de 2.500 anos. Nos séculos XV-XVII, a vila tornou-se parte importante da História da Rússia quando aqui se estabeleceu a família real, fugindo das convulsões sociais do centro de Moscovo originadas por revoltas populares.

Kolomenskoye

Kolomenskoe permaneceu uma aldeia normal até 1985, quando se tornou um complexo de museus e parques, embora isso tivesse levado à saída forçada dos seus habitantes e a alterações nos seus edifícios mais emblemáticos.

A principal atracção do parque é, sem dúvida, a Igreja de pedra da Ascensão do Senhor. Foi construída em 1529-1532 por ordem do czar Vasily III para comemorar o nascimento de seu filho e herdeiro, Ivan o Terrível. De pé, mesmo nas margens do rio Moskva, a igreja tem uma beleza mística e estranha que só é reforçada pelo seu contraste com a paisagem urbana moderna que se espalha pela margem oposta.

 

9. Museu Pushkin

O Museu Estatal Pushkin de Belas Artes  é o maior museu de Moscovo dedicado à arte europeia, e um dos maiores do mundo neste género. Foi fundado por Ivan Tsvetaev, chefe do Departamento de Teoria e História da Arte da Universidade de Moscovo, que persuadiu o milionário Yuriy Nechaev-Maltsov e o arquitecto Roman Klein da necessidade de se criar um museu de belas artes em Moscovo. É o maior museu na Rússia depois do Museu de Hermitage em São Petersburgo.

Tem uma colecção perfeita da Arte da Europa Ocidental. A Grécia antiga e Roma também são bem representadas embora pela maior parte por cópias. O orgulho do museu é a colecção da arte egípcia antiga reunida por Golenishev, bem como os Retratos Fayoum famosos do 1–4 séculos A.D.

Museu Pushkin

Um dos sectores mais significantes e valiosos da colecção do museu é aquela da arte da Europa Ocidental dos séculos 17 e 18. O estilos italiano, espanhol, as escolas flamengas, holandesas e francesas estão largamente representadas no museu.

A colecção da arte francesa dos séculos 18 a 20 é totalmente representada e ilustra escolas diferentes e tendências, tais como escola de “barbison”, impressionismo, pos-impressionismo, cubismo e assim por diante.

5 COMENTÁRIOS

  1. Lots of information provided is not true!

    First of all: there is a direct train Aeroxpress going from ALL airports to the Moscow city center. Follie navigati in system and here you are! Take uber from the center to your hotel: easy and much cheaper. Dont use taxi in Moscow, it is expensive and drivers do not speak English.

    Second: you will not die from the tube water. But better dont drink it. Buy a medical Travel insurance. Medical care in Russia is not that bad, at least you do not need to wait for several days to be seen by a specialist like in Portugal! Firthermore:
    Stomatology is on better level than in Portugal and is much cheaper than in Europe.

    Third and most important: there ARE lots of things to see in Moscow and surroundings besides The Kremlin and Red Square! Historical center is big and beautiful. Just search for another source of information ;)))) you will find lots of online guides with more information than here.

    • Spassiba, Daria. Vasha informatsia otchine vajno, osobeno ob Aeroexpress. Iesli ía tuda letaiu, otchine polezno etot znat.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here