Início Viagens 15 locais de visita obrigatória em Trás-os-Montes

15 locais de visita obrigatória em Trás-os-Montes

É uma das regiões mais genuínas do país e fazer uma lista deste género é sempre injusto, mas estes são os 15 locais de visita obrigatória em Trás-os-Montes.

370442
11

7. Foz Côa

Situada na região do Alto Douro, numa área de terras xistosas também conhecidas como “Terra Quente”, Vila Nova de Foz Côa é uma cidade, sede de concelho, que viu o seu nome correr fronteiras pela descoberta e classificação como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO das suas gravuras rupestres paleolíticas ao ar livre no vale do Rio Côa, um dos maiores centros arqueológicos de arte rupestre da Europa.

Foz Côa – Maria Flor

Região maioritariamente agrícola, é também conhecida como a “Capital da Amendoeira”, devido à grande densidade desta árvore no concelho, em parte derivada do especial microclima de cariz mediterrânico que aqui se faz sentir, permitindo paisagens sem igual quando estas amendoeiras florescem e vestem os campos de branco e rosa, normalmente na segunda semana de Fevereiro prosseguindo até aos primeiros dias de Março.

 

8. Vidago

Vidago está situada a quinze quilómetros de Chaves, sede do concelho a que pertence. Fica na zona sul da circunscrição, sendo atravessada pela estrada nacional nº2. A vila está localizada no fundo de um vale apertado onde confluem o rio Avelames e a Ribeira de Oura, em cujas margens se plantam videiras. Em volta estão as serras do Alvão e da Padrela.

Palácio de Vidago

Há quem diga que Vidago foi uma estância termal no tempo dos Romanos, que ali iam fazer as suas curas e tanto bebiam como lavavam os seus corpos nas santas águas, para curar os seus males. Sabe-se que o seu povoamento é muito anterior ao século XII, embora nessa altura não passasse de uma aldeia sem mais importância do que as circunvizinhas.

 

9. Pitões das Júnias

Herdeira natural da velhíssima freguesia de São Vicente do Gerês, nas profundezas do rio Beredo, que recebe águas de vários ribeirinhos na montanha, Pitões é a povoação mais alta de Barroso, na cota dos 1100 metros. Este facto contribuiu em grande medida para a elevada qualidade do presunto e fumeiro desta localidade.

Pitões das Júnias – Rui Videira

Sempre foi conhecida por ser terra de gente lutadora e mesmo guerreira: não resistiu à destruição do Castelo, nem do Mosteiro, nem da sua “república ancestral” (conjunto de normas comunitárias e democráticas dos seus habitantes) mas resistiu aos Menezes, condes da Ponte da Barca, a quem um rapaz de casa do Alferes foi raptar uma filha com a qual casou; e resistiu à pilhagem e assaltos sistemáticos que os Castelhanos organizavam durante a guerra da Restauração.

11 COMENTÁRIOS

  1. EU SOU GENRO DE UMA PESSOA ORIUNDA DESTA CIDADE (TRAZ OS MONTES- PORTUGAL) MINHA SOGRA, ELA VEIO ARA O BRASIL BEM PEQUENA, COM MAIS OU MENOS 2 ANOS DE VIDA, É POR ISSO QUE NÃO LEMBRA DE NADA A NÃO SER DO NOME DA CIDADE ONDE NASCEU. MOSTREI AS FOTOS DISPONÍVEIS NO GOOGLE CHROME E A MESMA FICOU EXTASIADA COM A BELEZA DA CIDADE, GOSTARIA DE PODER PROPORCIONAR UMA VIAGEM PARA ELA VISITAR NOVAMENTE SUA TERRA NATAL, MAS EU ACHO QUE É IMPOSSÍVEL, MAS NOS CONTENTAMOS COM A VISTA MARAVILHOSA DESTA CIDADE.

  2. Meu pai veio desta cidade com doze anos em 1952. Olhando estas fotos sinto muita saudades dele, que já descansa desta vida. Não desejo, mas se um dia Deus preparar gostaria de ir lá.

  3. Traz dos montes gostaria de sabe onde meus avós nasceram. Ela Maria da Conceição e ele Inácio Loureiro a idade dela era 28.02.1900.

  4. Meu pai veio de Trás os Montes ainda pequeno com 6 anos, ele lembrava bem que moravam em uma casa de pedra, não pode voltar.Sonho com isso mas não tenho condições físicas para enfrentar essa viagem.Mesmo porque a gente tem que andar para curtir.E Trás os Montes fica a 700 milímetros de Lisboa só de avião né.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here