Início Viagens 12 segredos para descobrir em Portugal antes que sejam invadidos por turistas

12 segredos para descobrir em Portugal antes que sejam invadidos por turistas

Cansado do turismo de massas? Descubra 12 segredos para descobrir em Portugal antes que sejam invadidos por turistas.

3
locais para visitar no Alqueva
Monsaraz

Podem ser apenas pequenas vilas e aldeias longe do turismo de massas mas são também autênticos paraísos por desvendar. Localizam-se sobretudo no interior de Portugal, onde a massificação do turismo ainda não chegou. Essa falta de massificação fez com que estes locais ainda preservem grande parte da sua essência e constituam um óptimo exemplo de como era a vida nas aldeias de Portugal há umas décadas atrás. A não perder, sem dúvida. Descubra 12 segredos para descobrir em Portugal antes que sejam invadidos por turistas.

 

1. Casal de São Simão

Casal de São Simão
Casal de São Simão

Descubra um Casal com uma só rua. Com uma fonte que continuamente entoa a canção da água. Com uma capela que nos conta lenda de santo. Com uma vereda que nos leva à praia, mesmo ali encaixada nas Fragas de São Simão. Chama-se Casal de São Simão e localiza-se em Figueiró dos Vinhos.

 

2. Sortelha

Sortelha
Sortelha

A aldeia histórica de Sortelha, situada no concelho do Sabugal, foi recentemente considerada uma das mais belas aldeias do mundo. Situada no alto de um monte elevado, a mais de 760 metros de altitude, numa região muito acidentada, de cariz granítico, Sortelha é uma povoação ornada com penedos e barrocos, onde as casas encostam e assentam.

 

3. Drave

Drave
Drave

Rodeado de altos montes, Drave é um lugar mítico. A visão que do estradão se tem do povoado lá no fundo, é surpreendente. O Solar dos Martins e a capelinha dedicada à Nossa Senhora da Saúde destacam-se do ondular dos montes, uns atrás dos outros, a recortar-se da luz do poente, é sublime. Sublime é também a perspectiva que a seguir se tem do Vale de Paivô.

 

4. Vilarinho de Negrões

Vilarinho de Negrões
Vilarinho de Negrões

Na margem sul da Albufeira do Alto Rabagão encontra-se Vilarinho de Negrões, uma das aldeias mais pitorescas de toda a região, pelo seu casario ainda relativamente preservado e, acima de tudo, por se encontrar sobre uma estreita e bela península – um pedacinho de terra poupado à subida das águas.

 

5. Penha Garcia

penhagarcia1

Penha Garcia é mais um dos locais dignos de um postal ilustrado. A beleza única da sua paisagem quase que dispensa palavras, não fosse realmente importante sublinhar essa mesma beleza para aqueles que ainda não conhecem Penha Garcia. As lindíssimas casas típicas, protegidas pelas imponentes muralhas, convidam o visitante a percursos por becos e ruelas sinuosas que nos levam ao cimo do castelo que nos permite vislumbrar uma magnifica paisagem sobre o vale onde corre o Rio Pônsul, acompanhado pelos seus moinhos.

 

6. Trebilhadouro

Trebilhadouro (Vale de Cambra)
Trebilhadouro (Vale de Cambra)

Quem chega ao Trebilhadouro sente-se a regressar ao espírito típico de uma aldeia beirã escondida no meio da serra, a uma altitude aproximada de 625 metros e abrigada dos ventos que sopram de Norte. Do alto destes montes avistam-se o mar e a ria de Aveiro, bem como outras cidades do Litoral, todo o Vale de Cambra e a Serra da Freita.

 

7. Foz d’Égua

Foz d'Égua
Foz d’Égua

A aldeia de Foz d’Égua pertence à freguesia do Piódão, na Serra do Açor. Em Foz d’Égua encontramos a confluência das ribeiras de Chãs com a do Piódão. Existe ali uma praia fluvial. Foz d’Égua não é tão conhecida, mas bastava a beleza natural de ser o ponto de encontro das ribeiras de Chãs e do Piódão, com duas pontes de pedra, para merecer a visita.

 

8. Aldeia típica de José Franco

Aldeia Típica José Franco
Aldeia Típica José Franco

É uma das preciosidades de Mafra e foi construída por um único homem. Falamos da Aldeia Típica José Franco. José Franco, o autor da Aldeia Típica José Franco, nasceu em 1920. Os pais eram oleiros de profissão, fabricantes das pequenas cerâmicas que os camponeses da região utilizavam nas suas casas, e que também ele começou a fabricar e a vender à porta da sua pequena olaria e nas festas populares e feiras.

 

9. Pia do Urso

Pia do Urso (Batalha)
Pia do Urso (Batalha)

A Pia do Urso é um espaço que foi reaproveitado, construindo-se um parque temático e sensorial (adaptado a invisuais), acompanhado de um circuito pedestre. Além da paisagem atractiva e da calma envolvente, o parque é composto por diversas estações interactivas e lúdicas.

 

10. Monsanto

Monsanto
Monsanto

Ícone turístico da região, a Aldeia Histórica de Monsanto é uma experiência peculiar para quem a visita. Concederam-lhe foral D. Afonso Henriques, D. Sancho I, D. Sancho II e D. Manuel. A parte mais antiga está no ponto mais alto, onde os Templários construíram uma cerca com uma torre de menagem.

 

11. Estorãos

Estorãos (Ponte de Lima)
Estorãos (Ponte de Lima)

Estorãos é uma pequena aldeia minhota situada a cerca de seis quilómetros de Ponte de Lima onde corre a ribeira que lhe dá o nome. As águas vindas do alto da serra de Arga serpenteiam no meio de pinheiros, vinhas e campos estrumados criando pequenos lagos e represas onde trutas e lampreias se escondem de turistas e pescadores.

 

12. Monsaraz

Monsaraz
Monsaraz

A vila de Monsaraz, ainda hoje envolta pelas suas muralhas medievais, ergue-se sobre urna pedregosa escarpa dominadora de uma vasta região que inclui o vale do Guadiana e albufeira do Alqueva, no Alentejo, situação privilegiada propícia a uma presença humana muito remota, embora não haja certeza acerca de uma ocupação castreja ou mesmo romana.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here