Início Viagens 12 fantásticos locais para visitar na Eslovénia

12 fantásticos locais para visitar na Eslovénia

É um pequeno e jovem país mas tem muitas razões para o visitar. Se ainda não conhece, descubra connosco os 12 melhores locais para visitar na Eslovénia.

3

4. Parque Nacional de Triglav

O imenso Parque Nacional de Triglav (84 mil) perto da fronteira com a Itália e a Áustria, é o único na Eslovénia, mas um dos mais antigos criados na Europa (criado em 1924). O cume mais alto dá o nome a todo o parque, com uma altura de 2.864 metros, com o título de ponto mais alto da Eslovénia. Abrange praticamente todos os Alpes Julianos em território esloveno, e reúne pontos de grande atractivo natural, histórico e de fauna. O território é de vegetação exuberante, com imensas florestas, cavidades de natureza cársica e lagos glaciais, não esquecendo as numerosas cascatas, entre as quais Savica e Kozjak.

Parque Nacional de Triglav
Parque Nacional de Triglav

Na parte sul do parque estão as cidades de Bovec, Kobarid e Tolmin, cada uma com seus encantos. O primeiro é o ponto de partida para todos os desportos de aventura na área. O segundo é o lar de um dos museus mais premiados pelo seu trabalho de recuperar a memória histórica da Grande Guerra e Tolmin é um centro internacional de caiaque, além do local de fabricação de um dos melhores queijos eslovenos. De visita obrigatória são também as vistas do rio Soca com a sua cor esmeralda profunda e intensa.

 

5. Maribor

Maribor é a segunda maior cidade da Eslovénia, com 95 mil habitantes. A cidade tem uma longa tradição de produção de vinhos, cercada por colinas e vinhedos. A cidade é encantada vista de cima destas colinas. A cidade tem orgulho de abrigar a videira mais antiga do mundo que cresce no coração da cidade velha no bairro Lent. A videira tem mais de 400 anos de idade, e é também a única planta com o seu próprio museu. O lugar é imperdível. Maribor tem uma cozinha variada e barata, com restaurantes que servem típicas comidas da Eslovénia.

Maribor
Maribor

Passeando pela cidade você vai encontrar inúmeras atracções, além da antiga videira, muita história e arte: os restos das antigas muralhas da cidade e torres medievais; a praça trg Glavni com o prédio da prefeitura; o Museu de Libertação Nacional; o Museu Regional de Maribor com a galeria de arte de Maribor; a igreja franciscana; a belíssima Catedral e a histórica Sinagoga de Maribor. Mas a maior atracão da cidade é sem dúvida o bairro Lent, que é a parte mais mágica e mais antiga de Maribor. Ali o visitante caminha pela sua promenade, ao longo do rio Drava com inúmeros adoráveis cafés e restaurantes. No verão, o maior festival ao ar livre da Eslovénia acontece ali, com inúmeros eventos musicais, entretenimentos, espectáculos de dança e performances de teatro de rua. Maribor é sem dúvida um destino perfeito para longos passeios.

 

6. Cavernas de Postojna

É a atracção mais visitada da Eslovénia; desde que foi aberta ao público, já recebeu mais de 36 milhões de visitantes; e conta com uma rede subterrânea de 20 km de extensão. Conhecido como Caverna de Postojna, esse local de mais de 3 milhões de anos abriga impressionantes salões com formações naturais, em rochas calcárias. Com temperatura natural de 10 ºC e iluminação artificial que destaca sues desenhos interiores naturais, a caverna guarda blocos que caíram do tecto há milhões de anos, estalactites em forma de esparguete que formam a galeria dos Órgãos de Tubos, uma sala com 3 mil m² com capacidade para abrigar até dez mil pessoas e capacidade de ressonância que faz com que um eco dure seis segundos.

Postojna
Postojna

E como se já não bastasse o alto grau de surrealidade, Postojna é visitada em passeios de comboio que percorrem 2 km do interior da caverna, cortando salas com espeleotemas como estalactites, estalagmites e cortinas, combinados com uma caminhada a pé por mais 1 km. A visita de 1h30 inclui salas como o ‘Salão dos Tubos’, ou ‘Sala do Esparguete’, devido às finas formações penduradas no tecto; o ‘Brilhante’, uma estalagmite cintilante com 5 metros de altura; e o ‘Salão Vermelho’ com rochas de tons avermelhados.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here