Início Viagens 12 fantásticos locais para visitar na Andaluzia

12 fantásticos locais para visitar na Andaluzia

Uma região repleta de cidades monumentais e pequenas aldeias para descobrir. Estes são os melhores locais para visitar na Andaluzia, Espanha.

1728
0
andaluzia
alhambra

A Andaluzia é especial, sem dúvida. Foi a última região de Espanha a ser conquistada aos mouros e isso é perfeitamente visível, ainda hoje em dia, na arquitectura das suas cidades, na sua cultura e nos hábitos do seu povo. Por toda a Andaluzia permanecem vestígios de mesquitas e de antigos palácios que atestam a outrora grandiosa cultura islâmica que dominou estas paragens durante séculos. A Andaluzia conta com cidades e monumentos de renome mundial, como Sevilha, Córdoba ou Granada. Entre os seus mais famosos monumentos, está a Alhambra de Granada ou o Alcázar de Sevilha. Mas a Andaluzia não é apenas os seus pontos turísticos mais famosos. À espera de serem descobertas estão dezenas de pequenas e típicas aldeias, conhecidas como as “aldeias brancas”. Outra das grandes atrações turísticas da Andaluzia são as suas praias. As praias do Sul de Espanha rivalizam com as praias do Algarve no que diz respeito à qualidade das suas águas. Estes são os melhores locais para visitar na Andaluzia, Espanha.

 

1. Sevilha

Repleta de história, Sevilha ganhou importância regional ainda antes da formação de Espanha, quando esteve sob domínio muçulmano e se converteu num dos principais centros comerciais e culturais da Ibéria. Mais tarde, já sob domínio espanhol, passou a ter um papel crucial na conquista das Américas pois daqui partiam as embarcações rumo à América dominada pelos espanhóis e para aqui voltavam carregadas de ouro e outras riquezas. Com tudo isto, Sevilha cresceu e floresceu e é hoje uma imponente cidade, repleta de monumentos de várias épocas, desde os muçulmanos até modernas construções do século XXI.

Sevilha
Sevilha

Felizmente Sevilha é uma cidade relativamente compacta, o que lhe permitirá visitar os marcos mais importantes em apenas dois dias, mas serão dias muito preenchidos! Muitos visitantes começam no centro, na margem leste do rio Guadalquivir (o maior rio de Sevilha), onde se situam dois dos monumentos mais famosos da cidade: o Alcázar e a Catedral de Sevilha, com a sua Torre Giralda. Há tantos locais para visitar em Sevilha que terá de regressar mais vezes à cidade para os ver a todos.

 

2. Córdoba

Córdoba é o local perfeito para quem adora combinar história, cultural e uma boa gastronomia. A cidade fica no sul da Espanha, na região da Andaluzia a pouco menos de duas horas de Madrid. É difícil achar outra região espanhola com uma história cultural tão rica e uma geografia tão diversa quanto a Andaluzia. Os romanos, árabes e os Reis Cristãos já passaram pela região. Todos estes milénios e séculos de civilização tornaram-na uma preciosa confluência de arquitectura, das artes e expressões religiosas. Tanto que a cidade recebe o cognome de “Cidade das Três Culturas“, pela presença história de cristãos, judeus e muçulmanos.

Córdoba
Córdoba

Córdoba é famosa pela sua majestosa mesquita e também pelos seus pátios, declarados Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO. Descubra aqui o que fazer em Córdoba, os lugares e experiências que você não pode perder. Córdoba deve sua fama turística à sua mesquita-catedral, mas, acredite, a cidade tem muito mais para oferecer. Córdoba é a cidade perfeita para ser explorada a pé, não sendo exageradamente grande e possuindo bastantes monumentos de grande interesse que estão a pouca distância uns dos outros. Esta pérola andaluza tem muito para oferecer no que toca a História, arte e cultura, sendo hoje mundialmente conhecida pelo seu Festival dos Pátios de Córdoba.

 

3. Granada 

Granada deve a sua fama turística à incrível Alhambra e ao charmoso bairro do Albaicín mas, acredite, a cidade tem muito mais para oferecer. A Alhambra de Granada é um dos lugares mais lindos da Espanha. É um extenso complexo de jardins, palácios e fortalezas que cativam o visitante, resultado de construções que foram erguidas ao longo dos séculos pelos árabes e pelos Reis cristãos. Reserve meio dia para percorrer o complexo com calma.

Granada
Granada

Muito importante, não esqueça de comprar seus bilhetes antecipadamente, o número de visitantes permitidos dentro do complexo é limitado e os bilhetes esgotam-se rapidamente. A Alhambra faz parte da lista do Património Mundial da Humanidade elaborada pela UNESCO. O Albaicín (também Albayzín) é o bairro que foi, junto com a Alhambra, o coração da Granada muçulmana. É caracterizado por ruas estreitas, casas pintadas de branco e muitos jardins e pátios interiores. O Albaicín ainda preserva um intenso sabor árabe. Em 1994, a UNESCO declarou o Albaicín como Património Mundial da Humanidade.

 

4. Cádiz

O centro histórico de Cádiz conta com uma localização excepcional, numa pequena península rodeada pelo Oceano Atlântico. No apertado espaço do centro, encontram-se todos os pontos de interesse turístico da cidade. Devido à sua localização estratégica, Cádiz foi alvo de assédios e ataques ao longo dos séculos. Isso obrigou os seus governantes a construírem muralhas e fortificações para proteger a cidade dos ataques vindos do mar. Algumas das antigas fortificações foram conservadas num óptimo estado e podem ser contempladas ao longo do seu passeio por Cádiz.

Cádiz
Cádiz

Quem visita Cádiz não pode deixar de conhecer sua catedral antiga e sua catedral nova. A Iglesia de Santa Cruz, que no passado foi a catedral de Cádiz, e por isso hoje também é conhecida como Catedral Antigua, é um templo com muita história. Como acontece em muitas outras cidades da Espanha, parece que a igreja foi construída sobre uma antiga mesquita. Já a actual catedral é um grandioso templo à altura dos esplêndidos tempos que vivia a cidade no momento da sua construção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here