Início História Os misteriosos segredos dos Templários de Tomar

Os misteriosos segredos dos Templários de Tomar

Terra de templários e de monumentos com muitos segredos por desvendar... Conheça os misteriosos segredos dos Templários de Tomar.

34372
6
PARTILHE
segredos dos Templários

Os misteriosos segredos dos Templários de Tomar

Uma santa atirada ao rio. Uma janela património mundial que fala de uma epopeia. Uma adega que poderia ter sido um lugar de iniciação. A mais antiga sinagoga de Sefarad. Uma mata dos sete montes. Mistérios templários escondidos nas pedras. Um magnífico tríptico fechado à chave.

segredos dos Templários
Tomar

Ir do Paraíso ao inferno num único café. Uma albufeira mágica e um barco no cais. Esta sala é quase secreta. Tem que se ir buscar a chave, descer umas escadas meio escondidas e entrar numa ligeira penumbra que só a iluminação artificial pode quebrar.

segredos dos Templários
Convento de Cristo – Jack Snow

Ao fundo, abre-se um vão sobre a mata. Por ali sairiam cavaleiros, à procura de encontros secretos, lugares de fuga ou cerimónias ocultas. Para aceder à adega – seria aqui a adega do Convento de Cristo, em Tomar – descem-se sete degraus. Número mítico, símbolo da perfeição na linguagem bíblica. São degraus fora da proporção, que vão aumentando de altura de baixo para cima.

segredos dos Templários
Tomar

Da memória dos tempos vêm outros sinais, como uma pedra romana que indicia a presença remota no lugar. Ou, mais junto do rio Nabão e ainda perto da roda hidráulica, no centro da cidade, a escultura que representa Santa Iria – na lenda que vem do tempo da evangelização dos visigodos pelos beneditinos, a monja teria sido atirada ao rio por um príncipe apaixonado e não desejado.

segredos dos Templários
Tomar

O seu corpo teria ido depois parar a Santarém, onde o rio se abriu para deixar ver a urna. Pedras mágicas no convento são as da janela do capítulo, com quatro metros de altura. Estava incorporada na nave que Dom Manuel mandou fazer para ampliar a igreja templária, depois do descobrimento do caminho marítimo para a Índia, explica Álvaro Barbosa. Mais próxima de nós, hoje, do que a sua altura inicial (o claustro de onde a podemos olhar é posterior), traduz uma profusão de símbolos.

segredos dos Templários

Com o mar omnipresente, tendo em conta os Descobrimentos. A janela é toda uma lição de simbologia. A coluna, cujo fuste faz a analogia ao tronco da árvore, remete para a simbologia bíblica da profecia do livro de Isaías, que no cristianismo é lida como antecipação do nascimento de Cristo: “Brotará um rebento do tronco de Jessé”.

segredos dos Templários
Tomar

Mas também ali se representam as armas dos reis portugueses (há uma fivela de cinto, como sinal da entronização real) e elementos de flora, de onde sobressaem as alcachofras e os ramos de vime. Chegamos ao outro lugar encantado deste convento, a charola. Conta a lenda que os templários entravam montados nos seus cavalos pelo deambulatório.

segredos dos Templários
Tomar

O responsável do convento diz que é impossível confirmar tal versão – provavelmente apenas uma lenda. Verdade é que, em 1640, vários conjurados foram ali sagrados cavaleiros, para lutar contra a ocupação filipina. Tomar sempre no centro da história. “A mística do espaço tem a ver com a memória trazida do Oriente”, diz Álvaro Barbosa. A igreja conventual era a de Santa Maria dos Olivais.

segredos dos Templários
Tomar

A igreja da charola, do convento, era dedicada às cerimónias iniciáticas, aprendidas com os cristãos da Síria e os ortodoxos. Colocada no cimo do monte, a charola era a parte mais elevada do lugar. “É um dos símbolos da mística fundadora de Portugal”, diz o conservador do convento. Os edifícios de planta circular são trazidos para Ocidente depois da tomada de Jerusalém pelos cruzados e pelos templários. Na Cidade Santa, havia um templo circular à volta do Santo Sepulcro.

Mais artigos

Portugal: 24 aldeias que deve visitar pelo menos 1 vez na...

Portugal: 24 aldeias que deve visitar pelo menos 1 vez na vida Não são uma, nem duas, nem dez... São 24 aldeias para visitar em...

Mais recentes

As 8 praias mais bonitas de Portimão

As 8 praias mais bonitas de Portimão Areias finas e brancas, águas cristalinas e 300 dias de Sol por ano. Quer melhores motivos para visitar as...

REDES SOCIAIS

138,999FãsGostar
223SeguidoresSeguir
621SeguidoresSeguir
PARTILHE
Artigo anteriorA origem do fado
Próximo artigoTomar

6 Comentários

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here