Início Sociedade Os 10 bairros mais perigosos de Portugal

Os 10 bairros mais perigosos de Portugal

Estes são 10 bairros mais perigosos de Portugal. Apesar dos esforços de integração e inclusão social e até da demolição de alguns ainda há muito para fazer.

648761
18
PARTILHE
Bairro do Aleixo (Porto)
Bairro do Aleixo (Porto)

Os 10 bairros mais perigosos de Portugal

São os bairros mais problemáticos de Portugal. Situam-se na periferia das grandes cidades e neles abundam os problemas sociais e a criminalidade. As autarquias têm apostado no apoio social e na inclusão dos seus habitantes, mas muito há ainda para fazer. Descubra os 10 bairros mais perigosos de Portugal.

Bairro Pinheiro Torres (Porto)

bairros mais perigosos de Portugal
Bairro Pinheiro Torres (Porto)

Assumiu nos últimos anos um novo protagonismo, com o tráfico de droga a ser o maior flagelo. As autoridades referem que é um dos principais focos de criminalidade da cidade. Já houve homicídios, em 2008, motivados por confrontos motivados por tráfico de droga.

Bairro da Bela Vista (Setúbal)

bairros mais perigosos de Portugal
Bairro da Bela Vista (Setúbal)

Os primeiros realojamentos de famílias residentes em barracas e de refugiados das ex-colónias datam de 1980. O bairro tem sido palco de vários desacatos. A 7 de Maio de 2009 voltou a ficar a ferro e fogo quando os moradores se revoltaram contra a PSP, após o funeral de um amigo, morto a tiro pela GNR. A Câmara de Setúbal disse, depois, que quer desmantelar o bairro. Agora, o Sindicato Profissional da Polícia juntou-se ao Centro Cultural Africano e aos Sapadores Bombeiros para criarem um gabinete de gestão de conflitos.

18 Comentários

  1. O inergumeno que escreveu este artigo nem sabe onde fica o bairro branco em Almada porque utilizou uma foto da urbanização Filipa de água que fica a mais de 500 metros do bairro branco

  2. Vai bugiar. Fazes uma lista sem saber a realidade. Na Belavista – Setúbal, por exemplo há vários anos que não há conflitos graves. Até há situações, como a pintura dos prédios e arranjos das partes comuns de muitos prédios, pelos próprios moradores, com o apoio logístico e técnico da Câmara, que deveria ser exemplo para todos os privados que não ligam ao património.

    • Relativo ao Bairro da Bela Vista….Posso afirmar!Passo lá todos os dias,e nunca ninguém me fez mal.Há gente boa e gente má em todo o lado.Há droga lá? Respondo à minha própria pergunta com outra do mesmo modo.Onde não há droga em Portugal?. Infelizmente,temos de viver com isso perto de nós. Julgo que a solução,era investir,e promover emprego.Seguramente,que o índice desse malefício…Ficava bem mais reduzido.

  3. Escrevo aqui nao tanto para o artigo mas mais para os leitores:

    Ha mais de 10 anos que nao volto a Portugal portanto ja nem conheco bem Lisboa. Conversando com alguem num bar, o tipo falou-me da “Quinta da Vitoria” em Portela (Loures) – disse-me que quando ele la foi (em 2010) aquilo era so barracas e que a vida dos habitantes de la era mesmo triste e, consequentemente, tornavam-se relativamente “perigosos” para os visinhos…

    Verdade ou mentira? Gostava de saber mesmo!

    • São pessoas que não são repeitadas por ninguém (negros) e os jovens por falta de certa maturidade se revoltam com violência “isso acontece com qualquer raça negra branca amarela cigana etc” pk quando esrudas..(sim tem quem estuda nos bairros) e vamos fazer uma entrevista de emprego e nunca és escolhido mesmo temdo óptimas notar gera uma certa revolta eu sou dos que tenta dar a volta por outra zona “imigrei” mas nem todos conseguem se quer isso e ficar só com angústia e repreção policial!

  4. Devem ser mais pacíficos do que o que eu moro aqui no Brasil. Semana passada degolaram uma moça, estudante universitária de 20 anos no bairro vizinho ao meu.

  5. A título de curiosidade, no Bairro da Quinta da Fonte na Apelação, para além dos elementos de ascendência africana, também existem muitos elementos da etnia cigana. Aliás foi entre estes dois grupos que existiram trocas de tiros há anos atras, que chegaram a ser filmados… é procurar no YouTube.

  6. O gajo que escreveu isto claramente nunca saiu do condominio privado onde vive. Sobre tráfico de drogas aposto que há mais drogas a circularem na Quinta da Marinha do que em muitos destes bairros…

    Senhor jornaleiro, nunca foi a um bairro destes buscar a sua ganza? A ser verdade, financias diretamente o que acabas de criticar nesta noticia da treta, num ranking vazio de conteúdo.

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here