Início Sociedade Os 10 bairros mais perigosos de Portugal

Os 10 bairros mais perigosos de Portugal

Estes são 10 bairros mais perigosos de Portugal. Apesar dos esforços de integração e inclusão social e até da demolição de alguns ainda há muito para fazer.

475070
9
PARTILHE
Bairro do Aleixo (Porto)
Bairro do Aleixo (Porto)

São os bairros mais problemáticos de Portugal. Situam-se na periferia das grandes cidades e neles abundam os problemas sociais e a criminalidade. As autarquias têm apostado no apoio social e na inclusão dos seus habitantes, mas muito há ainda para fazer. Descubra os 10 bairros mais perigosos de Portugal.

Bairro Pinheiro Torres (Porto)

bairros mais perigosos de Portugal
Bairro Pinheiro Torres (Porto)

Assumiu nos últimos anos um novo protagonismo, com o tráfico de droga a ser o maior flagelo. As autoridades referem que é um dos principais focos de criminalidade da cidade. Já houve homicídios, em 2008, motivados por confrontos motivados por tráfico de droga.

Bairro da Bela Vista (Setúbal)

bairros mais perigosos de Portugal
Bairro da Bela Vista (Setúbal)

Os primeiros realojamentos de famílias residentes em barracas e de refugiados das ex-colónias datam de 1980. O bairro tem sido palco de vários desacatos. A 7 de Maio de 2009 voltou a ficar a ferro e fogo quando os moradores se revoltaram contra a PSP, após o funeral de um amigo, morto a tiro pela GNR. A Câmara de Setúbal disse, depois, que quer desmantelar o bairro. Agora, o Sindicato Profissional da Polícia juntou-se ao Centro Cultural Africano e aos Sapadores Bombeiros para criarem um gabinete de gestão de conflitos.

9 Comentários

  1. O inergumeno que escreveu este artigo nem sabe onde fica o bairro branco em Almada porque utilizou uma foto da urbanização Filipa de água que fica a mais de 500 metros do bairro branco

  2. Vai bugiar. Fazes uma lista sem saber a realidade. Na Belavista – Setúbal, por exemplo há vários anos que não há conflitos graves. Até há situações, como a pintura dos prédios e arranjos das partes comuns de muitos prédios, pelos próprios moradores, com o apoio logístico e técnico da Câmara, que deveria ser exemplo para todos os privados que não ligam ao património.

  3. Escrevo aqui nao tanto para o artigo mas mais para os leitores:

    Ha mais de 10 anos que nao volto a Portugal portanto ja nem conheco bem Lisboa. Conversando com alguem num bar, o tipo falou-me da “Quinta da Vitoria” em Portela (Loures) – disse-me que quando ele la foi (em 2010) aquilo era so barracas e que a vida dos habitantes de la era mesmo triste e, consequentemente, tornavam-se relativamente “perigosos” para os visinhos…

    Verdade ou mentira? Gostava de saber mesmo!

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here