Início Sociedade Lisboa insólita: o Jardim das Pichas Murchas

Lisboa insólita: o Jardim das Pichas Murchas

É um dos recantos mais secretos de Lisboa e o seu nome revela traços do típico humor alfacinha. Descubra a história do Jardim das Pichas Murchas.

4673
1
PARTILHE
Jardim das Pichas Murchas
Jardim das Pichas Murchas

Lisboa insólita: o Jardim das Pichas Murchas

Situado na Freguesia lisboeta de S. Vicente, ao Castelo, o Jardim das Pichas Murchas é assim conhecido por iniciativa de Carlos Vinagre, calceteiro da autarquia, que a morte roubou prematuramente ao convívio de companheiros de paródia – alguns deles co-autores da designação do largo.

Jardim das Pichas Murchas
Jardim das Pichas Murchas

José António, de 51 anos, polidor de metais de profissão e fadista amador nas horas vagas, foi companheiro de farra de António Vinagre. Também ele ‘filho’ da freguesia, recorda as longas noites vividas com o saudoso companheiro, iniciadas numa leitaria próxima, então pertencente a “Zé , o Patudo” (assim chamado pelo número invulgar que calçava).

Jardim das Pichas Murchas
Jardim das Pichas Murchas

Ali, entre copos, nasceu a ideia de se reunirem aos velhotes que se encontravam no largo. Ainda por iniciativa do calceteiro, aos bancos vulgares de jardim juntaram-se mesas e cadeiras cedidas pela Junta de Freguesia, o que permite agora jogar a tradicional ‘sueca’. Mas pela noite dentro, e até de madrugada, o tempo era de farra, animada pelos fados de José António, devidamente acompanhado à viola por Manuel Tomé, outro morador da freguesia.

Jardim das Pichas Murchas
Jardim das Pichas Murchas

Adianta o fadista que em 1993, um ano depois de ser colocada a chapa com o nome do largo, Jardim das Pichas Murchas, ali houve tão grande festa que atraiu ao lugar agentes da PSP e da Judiciária. Inquiridos sobre o que se passava, esclareceram a Polícia, dizendo tratar-se de uma simples festa dos populares do bairro, ao que os agentes retorquiram: “Se é festa, então continuem”. Por vontade expressa de Carlos Vinagre, amigos e vizinhos reuniram-se no próprio dia do seu enterro no jardim a que dera o nome, como forma de homenagem. E com certa ironia, José António sublinha que foi uma farra de ‘caixão à cova’.

Jardim das Pichas Murchas
Jardim das Pichas Murchas

O fadista refere que o estranho nome do local, Jardim das Pichas Murchas, segundo a sua expressão, “já ultrapassou fronteiras”. Desta forma não é raro, garante, que turistas estrangeiros, informados da tradução do nome, se apressem a fotografar a placa toponímica.

Mais artigos

As 10 melhores cidades para viver em Portugal

As 10 melhores cidades para viver em Portugal

As 10 melhores cidades para viver em Portugal Quais os factores a ter em conta quando se elege as melhores cidades para viver em Portugal?...

Mais recentes

REDES SOCIAIS

141,805FãsGostar
226SeguidoresSeguir
629SeguidoresSeguir

Um comentário

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here