Início Viagens Ilha de São Miguel (Açores)

Ilha de São Miguel (Açores)

Dizem que o paraíso é mais ou menos assim. No Atlântico, num dos arquipélagos mais bonitos do mundo, os Açores, fica um pedaço do céu, a Ilha de São Miguel.

2670
0
PARTILHE
Lagoa Do Fogo
Lagoa Do Fogo

Terá sido entre 1427 e 1431 que navegadores portugueses descobrem a Ilha de São Miguel, logo após Santa Maria. O povoamento inicial data da década de 1440, sob a liderança de Gonçalo Velho Cabral, e é efectuado com colonos oriundos das regiões do Norte, Estremadura, Algarve e Alentejo.

Ilha de São Miguel
Ilha de São Miguel

Posteriormente chegam comunidades de mouros, judeus e alguns estrangeiros, nomeadamente franceses e ingleses. Os solos férteis e a existência de algumas baías seguras rapidamente tornam a ilha num entreposto comercial. O crescimento económico sustenta-se essencialmente no cultivo e exportação de trigo e de pastel, que dinamizam o povoamento desta ilha.

Ilha de São Miguel
Ilha de São Miguel

A capital é Vila Franca do Campo até ao terramoto de Outubro de 1522, o qual deixa um rasto de destruição por toda a localidade. Ponta Delgada assume, então, um papel primordial, sendo elevada a categoria de cidade em 1546.

Ilha de São Miguel
Ilha de São Miguel

O final do século XVI é marcado por ataques de corsários e a Ilha de São Miguel é ocupada por tropas espanholas em 1582, no contexto da resistência açoriana às forças militares do novo rei de Portugal, Filipe II de Espanha. Após a Restauração da Monarquia Portuguesa, em 1640, o desenvolvimento comercial ganha novo fôlego, estreitando-se a ligação ao Brasil.

Parque Terra Nostra
Parque Terra Nostra

A exportação da laranja, principalmente para a Grã-Bretanha, constitui a principal fonte de enriquecimento entre o século XVIII e meados da centúria seguinte. Datam desta altura grande parte das igrejas com rica talha dourada e dos solares de refinada cantaria que hoje deslumbram os visitantes. A dizimação dos laranjais por doenças infestantes, a partir de 1870, reduz drasticamente a produção e leva a um surto de emigração da população para o Brasil e para os Estados Unidos.

Ilha de São Miguel
Ilha de São Miguel

A introdução de novas culturas – ananás, chá, tabaco, espadana – dinamiza a expansão económica do século XIX. A economia micaelense mantém-se pujante no século XX, principalmente devido ao desenvolvimento da agro-pecuária, que alimenta parte da indústria transformadora de lacticínios.

Ilha de São Miguel
Ilha de São Miguel

Todavia, a partir da década de 1980, o progresso do sector terciário foi sendo cada vez mais notório, ocupando actualmente a maioria da população micaelense. Nesta vertente, o turismo é uma das apostas mais recentes de São Miguel, ilha que serve de sede ao Governo Regional dos Açores.

Um comentário

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here