Início Cultura A fascinante língua portuguesa: como escrever um longo texto sem usar a...

A fascinante língua portuguesa: como escrever um longo texto sem usar a letra A

Algum dia tentou falar ou escrever sem usar a letra mais comum na língua portuguesa? Descubra como é possível escrever um longo texto sem usar a letra A.

2411
0
PARTILHE
texto sem usar a letra A

Quase todos os vocábulos portugueses possuem a imprescindível letra “A”. Basta folhear um dicionário para perceber isso. A princípio, muitos acreditam ser impossível escrever uma frase ou um texto sem empregar a letra “A”. Porém, é possível. E em vez de um único texto, mostramos-lhe 2. Comprove:

TEXTO 1

“Se quisermos, poderemos escrever muito bem, omitindo o emprego de elementos tidos como imprescindíveis. Rico é o português e nos permite um sem número de efeitos e modos diferentes de dizer e escrever com bom gosto, com correto e distinto porte.

Mesmo em estilo simples, despretensioso, muito se pode conseguir.

Porém, incluindo termos menos comuns, pode-se ter o luxo de desenvolver extensos discursos e escritos diversos sobre muitos motivos e teses diferentes.

É possível escrever sem o “O”, sem o “I”, sem o “B”, sem o “R”, sem o “P”, enfim, isso pode ser feito como escolhermos.

Por exemplo, sem verbos, sem conjunções, sem pronomes e outros. Depende só do início e de um breve treino.

Prosseguindo, pois, vou expondo, neste simples e breve comento o que ficou dito, e provo que é possível, escrevendo estes conceitos sem nenhum emprego do elemento referido no título deste tópico.

Todo médio escritor e todos os estudiosos e curiosos podem conseguir o mesmo sem temer o encontro de difíceis trechos.

O verbo sublime sempre explode fecundo, se o homem, movido de puro intento, insiste no esforço meritório de produzir o belo e útil.

Nobres leitores: deixo-lhes este convite: brindemos sempre o nosso português com o justo conceito que lhe é devido. Devemos reconhecer sem indiscutível mérito. Devemos promover de todos os modos o prestígio que ele deve ter no consenso do mundo. Com nosso perene fervor, honremos o que é nosso!”

Da autoria de Geraldo Valle, sob o título “Sem a Letra A’’,transcrito do jornal da AGI-janeiro-fevereiro/2002, página 4

TEXTO 2

“Tudo requer muito equilíbrio psicológico, pois o nosso viver, o nosso mundo,tudo que se move, se bebe, que se come e dorme requer o devido equilíbrio. E equilíbrio é sempre um jeito de ser.

Um sonho moderno deste novo século é o de que preciso ser, eu me pergunto: “Eu sou? Estou? Eu existo? Eu quero? Eu vivo?” Sim! Eu vivo! É só o que sinto.

Vivo num mundo sofrido, pobre de espírito, poderoso, sem motivos nem objetivos.

Pode ser novo ou velho, rico ou pobre, solteiro ou viúvo, feliz ou triste.

Vivemos sós e nenhum de nós persiste muito em viver, em querer, no nosso compromisso um com o outro, no motivo… que motivos temos em nosso mundo com gente morrendo de fome, de sede, com suicídios, enfim, mortes e mortes e mortes.(…)”

Da autoria de Magno Alves de Araújo, in: www.palavrasnaweb. blogspot.com.br

Fonte: Observatório da Língua Portuguesa

Mais artigos

As 10 melhores cidades para viver em Portugal

As 10 melhores cidades para viver em Portugal

As 10 melhores cidades para viver em Portugal Quais os factores a ter em conta quando se elege as melhores cidades para viver em Portugal?...

Mais recentes

REDES SOCIAIS

141,753FãsGostar
226SeguidoresSeguir
629SeguidoresSeguir

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here