Início Sociedade A difícil e doce arte de ser mulher

A difícil e doce arte de ser mulher

São mães, filhas, avós... São as que cuidam, protegem. E são elas que fazem mover o mundo, mesmo sem reconhecimento: a difícil e doce arte de ser mulher.

573
0
PARTILHE

Ser mulher é uma arte das mais antigas e misteriosas que existem. Resiste à força do tempo, transforma-se sem mudar, muda sem se modificar, modifica-se sem se transformar.

Ser mulher envolve conhecimentos muito além do que nós homens, simples mortais, podemos compreender.

Como toda arte, tem seus segredos, é guiada pela inspiração, pelo desejo de perfeição, pela percepção diferente da realidade que as envolve, por um olhar além das aparências. Mulheres, ah mulheres, tão incompreensíveis em seus mistérios, tão envolventes em seu olhar, tão meigas e ternas, tão fortes e agressivas.

Não há homem neste mundo que já não tenha tido um “nó na cabeça” com as mudanças radicais das atitudes de uma mulher. Não há mulher que não tenha mudado radicalmente em segundos, só para ver um homem aturdido, sem acção, sem meios de contestação.

Ah, mulheres, jogadoras por natureza, fingem ser tão frágeis, tão dependentes, e na verdade são tão fortes, tão seguras de si.

A bíblia diz que o homem é o cabeça da família, concordo plenamente, mas por certo faltou citar que a mulher é o pescoço.

Ora, todos sabemos que a cabeça sem o pescoço não se move para lugar algum, estaria condenada a nada ver além do que estivesse à sua frente, talvez por isso exista a expressão ” ela virou a cabeça dele…”. Como são sábios os adágios populares…

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here