Início Viagens 8 razões para apanhar o barco para o Barreiro

8 razões para apanhar o barco para o Barreiro

Há muito para ver e fazer no Barreiro. Frederico Rosa fala-nos com paixão pela sua terra e dá-nos 8 razões para apanhar o barco para o Barreiro.

22077
6
PARTILHE
Alburrica - Barreiro
Alburrica - Barreiro

Li há pouco tempo aqui na Vortex Magazine um artigo que colocava o Barreiro como uma das dez cidades mais feias de Portugal. Sendo eu um barreirense apaixonado pela minha cidade, a minha reação foi a de querer partilhar com todos a magia que este território exerce sobre quem o visita e de quem o vive.

Afinal, de todos os lugares do Mundo que conheço, e já visitei muitos lugares em vários continentes, o Barreiro é “o” meu local de eleição! Por isso não podia deixar de dar a conhecer aos leitores da Vortex Magazine esta cidade que me ilumina, dando a todos 8 razões para apanharem o barco e visitarem o Barreiro.

Barreiro
Barreiro

1 – Venham conhecer a imensa atividade cultural que está a brotar na cidade, fruto de um movimento de empreendedores que estão a fazer renascer um espírito barreirense que andou adormecido.

Desde a ADAO, uma associação que assentou arraiais num antigo quartel de bombeiros e que é hoje um espaço de inclusão artística, de troca de experiências e de fusões culturais que nos transporta para uma ambiente quase mágico, às propostas da programação musical de duas associações premiadas, a Out.ra e a Hey Pachuco!, que produzem há mais de uma década festivais musicais de amplo reconhecimento internacional, como o Outfest – Festival de Música Exploratória do Barreiro e o Barreiro Rocks, visitem o Centro de Produção artística da Escola Conde Ferreira ou assistam a um teatro em ambiente acolhedor produzidos pelo Arteviva ou pelo TEB – Teatro de Ensaio do Barreiro.

Alburrica - Barreiro
Alburrica – Barreiro

2 – Dê um salto à popular Avenida da Praia (cujo nome oficial é Avenida Bento Gonçalves) e aproveite para ser deslumbrado com a melhor vista de Lisboa! Esta imagem só por si vale e bem a viagem de barco mas aproveite igualmente para passear (ou fazer exercício) no Passeio Augusto Cabrita, que percorre toda a marginal, e nos novos passadiços que fazem a ligação do rio Tejo com o centro da cidade.

Culmine a caminhada com um almoço num dos restaurantes da zona ribeirinha, onde para além de comer bem vai ter direito a muitas histórias sobre o rio e sobre as gentes barreirenses. Para sobremesa (ou para o lanche ou para qualquer outra altura que se lembre), não deixe de dar um salto a uma das nossas excelentes pastelarias e leve consigo a nossa Bola de Manteiga. Pode comprar para toda a família mas o mais provável é que nem cheguem a desembarcar em Lisboa. É que apesar de a viagem de regresso ser apenas de 20 minutos, elas são mesmo (mas mesmo!) muito boas!

Barreiro
Barreiro

6 Comentários

  1. Boas
    Gostei do vosso artigo e só tenho um pequeno reparo a fazer, todas as fotos são excelentes e conheço pessoalmente o autor, [Nelson Favas] mas a segunda não é do Barreiro, e sim do moinho de maré da Mourisca, situado em Faralhão, Setúbal, se poderem procedem à sua substituição pois de certeza que encontrarão outras do Barreiro e do mesmo autor com a mesma qualidade!…
    Atentamente
    António Pardana

  2. gostei muito da Matéria.
    sou Brasileira e a 20 anos viajo para Portugal e fico em uma Região do Barreiro.
    faço questão sempre que posso, de pegar o Barco, uma delicia, e as praias da Região, e os passeios, este da foto do Moinho ao anoitecer, os Parques eu amo, Tenho centenas de fotos deste lugares incríveis. Sempre falo aos meus amigos, viajar tem quem ser assim, em lugares onde o povo vive, lugares maravilhosos. têm-se que conhecer . amo esta região.
    Jurema Iara Reis Belli.
    JOINVILLE Santa Catarina – Brasil

    • Ainda bem Jurema que gostou da Minha Cidade Barreiro, é linda de mais, eu resido no Brasil no Maranhão. fico feliz pelas suas palavras. obrigado.

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here