Início Sociedade 8 coisas que eram melhores no tempo da ditadura

8 coisas que eram melhores no tempo da ditadura

Estamos muito melhor agora, mas temos que admitir que nem tudo na revolução foi um mar de rosas. 8 coisas que eram melhores no tempo da ditadura.

22843
5
PARTILHE
coisas que eram melhores no tempo da ditadura

8 coisas que eram melhores no tempo da ditadura

Antes de começar a ler este artigo, gostaríamos de dizer algo de forma clara: NÃO PRETENDEMOS DEFENDER A DITADURA COM ESTE ARTIGO!

Pretendemos apenas mencionar alguns aspectos que eram melhores no tempo da ditadura, de forma clara e objectiva e sem faltar ao respeito aos muitos milhares de pessoas que sofreram com a falta de liberdade que existia na altura.

1. A protecção das florestas

incendio

Não há como negar esta evidência. No tempo da ditadura, a protecção dos nossos recursos florestais era levada a sério e os incêndios eram muito menos habituais. Enquanto que na altura se protegia a floresta com o recurso aos guardas florestais, hoje existe um negócio de milhões à volta dos incêndios que contribui muito para o estado calamitoso que se verifica em cada Verão.

2. As finanças públicas

dinheiro

Fruto de anos e anos de uma péssima gestão, Portugal deve hoje milhares de milhões de euros a credores internacionais. Poderá sempre argumentar-se que o dinheiro foi usado para modernizar o país, mas todos nós temos conhecimento de casos em que era habitual o mau uso de dinheiro, o desvio de fundos públicos ou o constante aumento do custo das obras do estado fruto da má gestão e do mau planeamento. No tempo da ditadura não devíamos tanto dinheiro e éramos independentes financeiramente. No entanto, há que realçar que para controlar as finanças públicas, a ditadura simplesmente abdicou de investir no país em áreas tão cruciais como a educação e a saúde, por exemplo.

5 Comentários

  1. Proteção de fogos florestais: lembro aqui os 2 maiores incêndios de que me lembro (serra do caramulo e serra de sintra). Não restou nada e foi em ditadura…..

  2. Sobre os fogos florestais, importa referir que o tipo de vida na época era responsável pela limpeza das matas, no ponto em que se apanhava muito mato, e especialmente a caruma dos pinheiros, para fazer a cama do gado. Ora sem esse material combustível, ou pelo menos em menor quantidade, era natural que houvesse menos fogos

  3. Sou desse tempo e a limpeza das florestas eram feitas como acima dis Avelino Ferro a época éra outra e a miséria ajudava o dito Estado Novo,hoje para pôr termo a menos fogos,tem que Haver autoridade e justiça,a partir de là, a solução aos fogos estava encontrada,as autordades locais e os governos que se socederam, téem culpa no cartorio,simplismente poque não exerceram autoridade e justiça na limpeza que devia ser obrigatoria e cumprida, mas imfelismente não é e o resoltado està hà vista,conheço grandes arias de plantação de eucaliptos enunca houve fogos!…porquê?… poque hà limpeza,corta matos e vigilancia,mas não sou contra a que se plantem outras arvores, bem ao contrario, devem-se plantar,a limpeza,as distancias,os corta matos e a vigilancia tem que existir.

  4. Realmente Salazar era tão mal que equilibrou as finanças de Portugal, criou cidades cosmopolitas em Angola e Moçambique, e mesmo assim ele morreu na pobreza.

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here