Início Cultura 55 expressões que só um alfacinha entende

55 expressões que só um alfacinha entende

De nada vale se você é um dos muitos que emigrou para a capital. Para perceber estas 55 expressões populares lisboetas tem que ser um alfacinha de gema.

4888
0
PARTILHE
expressões populares lisboetas
Lisboa

Expressões populares lisboetas

De nada vale se você é mais um dos muitos portugueses que emigrou para a capital. Para compreender estas expressões populares lisboetas tem que ser um alfacinha de gema, nascido e criado nos bairros de Lisboa, com “pedigree” confirmado em notário. Descubra 55 expressões populares lisboetas e divirta-se a tentar descobrir se percebe ou conhece algumas delas.

  • Afragatar-se – galantear, requestar alguém para atingir fins libidinosos.
  • Alpinar – fugir
  • Alambiques – pés que cheiram mal com o suor (colégio militar).
  • Altamar – nome dado à margem do Tejo, de Cacilhas à Trafaria
  • Bairro Bife – bairro Alto
  • Bate-sornas – gatuno que se dedica a roubar indivíduos que se deixam dormir na rua.
  • Beateiro – indivíduo que percorre as ruas à procura de pontas de cigarro.
  • Benzer – roubar
  • Bibe – sobretudo ou gabardina
  • Bidé – terrinha
  • Bilargo – travessa
  • Bordo – facada
  • Botica do Xexé – local onde existe muita coisa, mas mal arrumada.
  • Branca – lençol
  • Broi ou Broia – boa
  • Calcas – botas
  • Cantar a cigana – estar bêbedo
  • Carmoso – tostão